Bruno Engler vota no bairro Serra e cita problema com partido

bruno
Candidato tem apoio do presidente jair Bolsonaro (Andreza Miranda/BHAZ)

O candidato a prefeito de Belo Horizonte pelo Partido Renovador Trabalhista (PRTB), Bruno Engler, chegou ao Colégio Sagrado Coração de Maria, no bairro Serra, na região Centro-Sul, por volta de 10h45. Ele cumprimentou os presentes e foi direto para sua zona eleitoral. Para a imprensa, ele disse que aguarda um resultado positivo das urnas.

“A gente enfrentou algumas dificuldades, meu partido atrapalhou, ao invés de ajudar, mesmo assim contamos com o apoio da nossa militância, teve um trabalho firme nas redes sociais e nas ruas”, afirmou.

Bruno Engler é um dos mais jovens da disputa. Com 23 anos de idade, o postulante já foi candidato a vereador suplente em 2016, pelo Partido Social Cristão (PSC). Além disso, ele foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Liberal, em 2018. O candidato é apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e fundador do Movimento Direita Minas.

Propostas

Dentre as propostas apresentadas em entrevista ao BHAZ, Bruno Engler pretende criar um programa de auditoria e análise dos contratos vigentes da gestão municipal. Propõe abrir uma policlínica em cada regional de Belo Horizonte e um sistema de avaliação e bonificação para os servidores públicos. Além disso, o candidato do PRTB promete retomar as aulas imediatamente e num modelo misto, sendo presencial e à distância.

Bruno Engler não pretende fazer reajustes na passagem do transporte público no primeiro ano de mandato, mas garantiu que os cobradores voltarão. Ele promete abrir a “caixa-preta” da BH Trans para verificar e sanar irregularidades. Essas medidas fazem parte do plano “Corrupção Zero” que o candidato visa estabelecer em seu governo. Tal plano também contará com um critério de ficha limpa para a contratação de funcionários municipais.

O candidato do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro disse está nos planos inaugurar a maternidade Leolina Leonor Ribeiro, em Venda Nova. Quanto às policlínicas regionais, Bruno Engler pretende oferecer, além do atendimento usual, um atendimento odontológico para a população. Sobre a educação, Engler promete retomar as atividades presenciais nas escolas, e aumentar o período de aula. O concorrente ao cargo de prefeito também defende a implementação de escolas cívico-militares.

Polêmicas

Os assessores do gabinete do candidato Bruno Engler estiveram envolvidos em polêmicas envolvendo fake news e a retirada de uma placa que homenageava “Marielle Franco” em um bairro em Belo Horizonte. Na entrevista ao BHAZ, Engler desmente que seus assessores estivessem envolvidos em propagação de fake news, dizendo que o conteúdo compartilhado era legítimo.

Além disso, o membro do PRTB achou certo o ato de vandalismo contra a placa “Marielle Franco”, pois, segundo ele, “não é porque eu acho que a praça deveria chamar Marielle Franco, que eu devo colocar uma placa lá”.

Edição: Aline Diniz
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários