‘Minoria que foi às ruas ontem é digna de pena’, alfineta Bolsonaro

bolsonaro alfineta mbl
Presidente ainda ironizou participação de presidenciáveis no ato que pedia seu impeachment: ‘Cinco presidenciáveis aglomerados’ (Reprodução/@jairmessiasbolsonaro/Instagram)

Por Flávia Said e Mariana Costa

Na manhã desta segunda-feira (13/9), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) minimizou os atos contra o governo federal realizados no último domingo (12/9), que contaram com baixa adesão, e disse que os manifestantes presentes são “dignos de dó, de pena”.

Convocados pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo Vem Pra Rua, os atos contaram com a presença de algumas siglas de esquerda, como PDT, PSB e Cidadania, mas não tiveram participação do PT nem do PSol. Eles pediram o impeachment do presidente Bolsonaro. O principal foco foi na Avenida Paulista, São Paulo, mas o número de manifestantes ficou aquém do esperado.

“Essa minoria que é contra, os que foram às ruas ontem, são dignos de dó, de pena”, disse Bolsonaro a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. A conversa foi divulgada por um canal no YouTube simpático ao presidente.

Leia a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Metrópoles
Metrópoles

O Metrópoles é um veículo de comunicação ágil, com linguagem acessível e totalmente focada no digital. Informar, escutar, interagir, debater, denunciar, diversificar, entreter e prestar serviço à sociedade do Distrito Federal e do país são especialidades do portal.

Comentários