Aline Campos procura manicure com Covid-19, é criticada e se desculpa: ‘Fiz stories bobo, de brincadeira’

Aline Campos pede desculpas em Stories
Aline Campos pede desculpas por procurar manicure com Covid (Reprodução/@soualinecampos/Instagram)

A modelo Aline Campos, ex-Riscado, usou os stories do Instagram nessa quinta-feira (13) para pedir desculpas depois de procurar por uma manicure com Covid-19. Aline queria encontrar uma profissional assintomática para ir até a casa dela e fazer as unhas. A modelo está isolada em Fernando de Noronha com o filho de 11 anos e uma amiga, uma vez que testaram positivo para Covid.

“Procura-se manicure e massagista em Noronha com Covid e sem sintomas”, anunciou Aline Campos no Instagram. Mais tarde, em outro vídeo no stories, a modelo alegou que a postagem era apenas uma brincadeira que fez com a amiga quando estava entediada.

‘Quem me conhece sabe’

“Quem me conhece e segue sabe o quanto eu respeito esse vírus! Não é à toa que não estou indo para aglomeração, não fui para festas de réveillon, etc. Me deparo com comentários na minha última postagem agora do feed de pessoas com raiva de mim, me chamando de sem noção porque algum jornalista viu stories meus que eu fiz de manhã, brincando”, começou Aline.

A modelo alegou que a postagem era apenas uma brincadeira e não precisava tanta repercussão. “A gente tá se isolando, a gente tá respeitando tudo direitinho. Aí mais cedo fiz stories com minha amiga. Aí fiz stories bobo, de brincadeira, uma brincadeira que mesmo se fosse verdade, não acho que foi motivo para tudo isso que está acontecendo e se ofendeu alguém eu peço desculpas de todo o coração”.

‘Respeito o ser humano’

“Mas eu falei o seguinte: podia ter uma manicure também com Covid e sem sintomas para vir aqui fazer a nossa unha, porque aí ia ser o combo perfeito a manicure que está entediada querendo ganhar o dinheiro dela…”.

“Então por favor não venham vocês aqui que nem me seguem, nem me conhecem, quererem me queimar ou distorcer minha imagem. Por favor, tá? Se você me acompanhar um pouquinho e ver tudo que eu fiz do início da pandemia para cá você vai ver que eu respeito, e muito, o vírus e mais, eu respeito o ser humano. Boa noite”, finalizou.

Edição: Roberth Costa
Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários