Após pedir celular à Samsung e ter apelo negado, biólogo ganhará aparelho da Xiaomi

Sérgio Rangel
Tudo começou quando o biólogo publicou um vídeo no Twitter pedindo a ajuda dos seguidores para conseguir um celular novo (Reprodução/@biologorangel/Twitter)

O pedido de um biólogo por um celular novo, depois que o aparelho dele estragou, provocou uma decepção que logo foi rebatida com uma surpresa. Após seu aparelho Samsung estragar, Sérgio Rangel usou as redes sociais para fazer um apelo à marca por um novo celular, mas teve o pedido negado. Mas pouco depois, a Xiaomi, outra fabricante de eletrônicos, se prontificou a presentear o profissional.

Tudo começou no domingo (21), quando o biólogo, herpetólogo – quem estuda os anfíbios e répteis – publicou um vídeo no Twitter pedindo a ajuda dos seguidores para conseguir um celular novo.

Sérgio Rangel explicou que precisa do aparelho para gravar seus vídeos do YouTube, onde acumula mais de 30 mil inscritos e produz conteúdo educativo sobre zoologia, a ciência que estuda os animais.

“Todo mundo sabe a dependência que a gente tem hoje do celular. Meu velho Samsung, com mais de 5 anos de vida, infelizmente faleceu de vez, e eu estou desesperado porque estou sem celular”, diz o biólogo no vídeo.

Rangel ainda lembrou que, há cerca de um ano, ele perdeu um computador por causa de uma chuva e seus seguidores contribuíram com uma vaquinha virtual, ajudando-o a comprar um novo aparelho. Por isso, ele resolveu pedir ajuda dos internautas mais uma vez.

“Pensamos numa estrategia, e eu precisaria muito da ajuda de vcs, para a gente levantar uma hashtag para a própria Samsung, para ver se eles se comovem com nosso pedido. Com todos vocês compartilhando, a ideia é que chegue à Samsung e quem sabe, com todo esse espírito natalino, ela me presenteie com um celular novo”, diz ele no vídeo.

Na publicação, o biólogo usou a hashtag #SamsungAjudeOSergioRangel, que logo começou a ser replicada pelos usuários do Twitter. Nesta quarta-feira (24), a publicação já acumula mais de 12 mil curtidas na rede social.

Mudança de planos

Já nessa segunda-feira (22), a Samsung retornou o biólogo, mas não com a resposta esperada. “Apesar de acompanhar e admirar o seu trabalho, infelizmente não poderei te ajudar dessa forma, por enquanto. Vamos fazer o seguinte? Me envie uma DM com uma proposta de campanha, e eu envio pro time responsável. Pode ser?”, disse a marca.

A resposta decepcionou Sérgio Rangel e centenas de outros usuários do Twitter. “Agradeço imensamente a todos pelo engajamento, mas é isso…nessa hora eu sinto por ser um professor e não ex-BBB”, escreveu o herpetólogo.

Samsung vs. Xiaomi

Mas, poucas horas depois, tudo mudou: a Xiaomi, multinacional chinesa de tecnologia, foi mencionada várias vezes na publicação do biólogo e respondeu ainda na segunda-feira, desta vez sem decepcionar ninguém.

“Oi, Sérgio! Quanta gente me chamou aqui! Meu estoque de mimos está baixo, mas minha missão é inovar para todos e isso também significa incentivar a ciência e a educação, por isso dei um jeito e consegui um aparelho incrível pra você!”, publicou a empresa.

Mais de 17 mil pessoas curtiram a resposta da Xiaomi, elogiando a atitude da companhia. Alguns internautas, inclusive, disseram que não vão mais comprar aparelhos da Samsung e passarão a consumir mais da marca chinesa.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários