‘Batgirl’: Com orçamento de quase R$ 500 milhões, lançamento é cancelado pela Warner Bros.

Batgirl
Filme é estrelado pela atriz Leslie Grace (Reprodução/@lesliegrace/Instagram)

O filme “Batgirl”, que já terminou de ser filmado e cujo orçamento quase chegou a R$ 500 milhões, não será mais lançado pela Warner Bros. nos cinemas ou na HBO Max. A informação foi divulgada nessa terça-feira (2), decepcionando vários fãs de filmes de herói.

De acordo com o Hollywood Reporter, a decisão vem após uma mudança de liderança na Warner. O novo CEO do conglomerado de mídia, David Zaslav, estaria priorizado medidas para corte de gastos e trazendo o foco da empresa em filmes para o cinema, não para as plataformas de streaming.

O orçamento inicial para a produção de “Batgirl” era de US$ 80 milhões, cerca de R$ 422 milhões. Com os protocolos de Covid-19, os custos subiram para quase US$ 90 milhões, valor que corresponde a R$ 474,9 milhões. O filme é estrelado pela atriz Leslie Grace, a primeira de origem latina a interpretar a heroína.

A decisão também “arquiva” o projeto de uma nova animação da franquia Scooby Doo, o filme “Scoob!: Holiday Haunt”. O orçamento para a obra era de US$ 40 milhões, cerca de R$ 211 milhões.

‘Mudança estratégica’

Por meio de comunicado, um porta-voz da Warner Bros. informou que a decisão de não lançar “Batgirl” reflete a “mudança estratégica” da liderança do conglomerado em relação ao universo DC e à HBO Max.

“Leslie Grace é uma atriz incrivelmente talentosa, e esta decisão não reflete a performance dela. Nós somos incrivelmente gratos aos produtores de ‘Batgirl’ e ‘Scoob! Holiday Haunt’ e aos respectivos elencos, e esperamos colaborar com todo mundo novamente em um futuro próximo”, diz o comunicado, segundo o Hollywood Reporter.

Fontes do portal ainda informaram que filmes com grandes orçamentos feitos diretamente para as plataformas de streaming “não fazem mais sentido financeiro” para a nova estratégia da companhia.

A novidade decepcionou fãs da DC, de Leslie Grace e de filmes de herói. “É preciso uma quantidade enorme de tempo, energia e cooperação para fazer um filme. Existem pessoas que dedicaram anos das vidas delas para trazer ‘Batgirl’ e ‘Scoob 2’ à vida para os filmes serem praticamente finalizados só para serem descartados”, escreveu o jornalista Matt Ramos no Twitter.

Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários