Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO: Brasileiro entra para o Guinness com recorde de maior rotação do pé

Por

brasileiro recorde rotação do pé guinness
Brasileiro quebrou o recorde da Guinness de homem com maior rotação do pé (Reprodução/@guinnessworldrecords/Instagram)

Um brasileiro entrou para o Guinness World Records com o recorde de homem com maior rotação do pé, em janeiro deste ano. O médico Renato Bayma, de São José dos Campos (SP), consegue girar um de seus pés a 210.66 graus.

No vídeo postado pelo Guinness no Instagram, o brasileiro apareceu mostrando sua habilidade em girar o pé. O registro rendeu vários comentários de internautas chamando Renato de Curupira, personagem do folclore que tem os pés virados para trás.

“O Curupira é nosso é claro”, brincou um usuário. “Não é à toa que o Curupira é brasileiro”, declarou outra pessoa. “É estranho se eu falar que consigo também”, questionou um terceiro internauta. Assista:

Brasileiro é primeiro a passar de 180°

Segundo o Guinness World Records, o médico quebrou o recorde anterior, que era de 28.63 graus. O brasileiro descobriu a capacidade de girar o pé há 30 anos. “Não pratiquei nada”, disse ele à edição. “É uma habilidade natural”.

Três homens, dois norte–americanos e um inglês, bateram esse recorde anteriormente. Porém, Renato é o primeiro a alcançar uma rotação maior do que 180 graus. O recorde feminino é de 171.4 graus, atingido pela estadunidense Kelsey Grubb.

Sobre o Curupira, Renato disse que a criatura mitológica pode “superar qualquer super–herói do mundo”. Ao girar o pé, médico também disse representar seu time favorito, o Palmeiras, conhecido como “time da virada”.

Para bater o recorde do brasileiro, os próximos devem se atentar a regras severas impostas pelo Guinness. O giro deve começar com os dois pés próximos um do outro, voltados para frente, e depois girar o pé de uma das duas formas: o calcanhar ou os dedos deve ficar parados.

É proibido usar as mãos ou quaisquer dispositivos, e a parte superior do corpo não poderá mudar de direção. O desafiante deve girar o pé o máximo possível e deixá-lo parado por, no mínimo, 10 segundos.

Andreza Miranda

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ