Deborah recebe famosas em live para comemorar o Dia do Orgasmo

Deborah secco na praia
Atris vai falar sobre prazer feminino (Reprodução/@dedesecco/Instagram)

Deborah Secco, 40, vai comandar uma live em comemoração ao Dia do Orgasmo, que ocorre nesta sexta-feira (31). A atriz, que aguarda a retomada das gravações da novela “Salve-se Quem Puder” (Globo), aproveitou o tempo livre para falar sobre sexualidade e prazer feminino. A partir das 22h, ela vai bater um papo sobre esse e outros assuntos com convidadas famosas, como as atrizes Nanda Costa e Mariana Xavier, as cantoras Karol Conka e Gaby Amarantos e a ex-BBB Marcela McGowan (BBB20).

Parte do projeto “Liberdade Vem de Dentro”, a live vai ser transmitida pelo YouTube do GNT. O começo, no entanto, também vai ter sinal aberto na TV, no próprio canal pago. Além da transmissão ao vivo, a iniciativa contou com uma série de programas gravados nos quais Deborah trocou experiências com as convidadas sobre temas como “dificuldade para chegar lá”, “prazer e relacionamento” e “vergonha do próprio corpo”.

Os episódios já estão disponíveis no YouTube do GNT. O projeto é patrocinado pela farmacêutica Bayer como parte do lançamento de um novo método contraceptivo.

Ver essa foto no Instagram

Amadas, conversa profunda aqui: A história da humanidade, ao menos nos últimos 5 mil anos, tem sido a de negar e reprimir o brilhantismo erótico feminino. Desde muito cedo aprendemos que meninas boas sempre cruzam as pernas, não tocam o próprio corpo e desconhecem a sua potência prazerosa. ? O mundo nos diz que há mulher pra casar e mulher pra brincar. E que a forma como vivenciamos a nossa sexualidade define em qual categoria nos encaixamos. Ao negar a vivência prazerosa às mulheres, usando a desconexão e proibição como forma de opressão e dominação, estamos claramente negando a parte mais potente e divina em nós. ?“A nossa sabedoria erótica nos empodera”, como já nos disse a brilhante ativista negra Audre Lorde. Isso porque, à medida que acessamos e sentimos prazer no corpo, ativamos a nossa capacidade de sentir tudo com mais profundidade e entrega. Percebemos o quão magníficas e vivas estamos e, assim, reacendemos o poder que há na vivência do prazer feminino. ? Veja, a mulher que conhece o próprio corpo e prazer é uma mulher que naturalmente se sente mais segura e autoconfiante, pois ela confia no próprio corpo e sabe exatamente o tamanho que ela pode ter. Ela traduz essa expansão proporcionada pela vivência do erótico livre para a sua própria atuação nas demais áreas da vida: trabalho, relações familiares e amorosas. Nesse sentido, convido todas aqui a refletirem sobre os próprios condicionamentos e proibições que ainda possuem em relação a viver o seu próprio prazer – sozinha e acompanhada. ?? E te pergunto, o que te afasta de viver a potência do seu prazer? Me conte aqui nos comentários, pois esse assunto é fundamental. Quer saber mais? Ofereço cursos e atendimentos para mulheres aprenderem a se Reconectarem Amorosamente com a potência prazerosa do corpo. Visite o link na minha bio @marinanabao. Com amor, Marina ❤ @marinanabao #marinanabao #reconexaoamorosa #sexualidade #prazer

Uma publicação compartilhada por Deborah Secco (@dedesecco) em

Folhapress

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha, uma das mais tradicionais do país. Comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos.