Duda Reis revela ter sido agredida e ameaçada pelo ex-noivo Nego do Borel: ‘Eu era refém’

duda-reis-stories
A atriz revelou que fará um Boletim de Ocorrência relatando as agressões de Nego do Borel (Reprodução/@dudreisb/Instagram)

Em uma série de desabafos no Instagram, Duda Reis expôs situações de agressão vindas do ex-noivo, Nego do Borel. A atriz ainda revelou que o cantor ameaçava matar a família dela e teria sido racista durante diversos atos de caridade. As polêmicas vieram à tona após uma das traições de Nego, envolvendo Lisa Barcelos, ter sido revelada ontem (12), de forma explícita.

Nessa terça-feira (12), veio a público uma das traições de Nego do Borel a Duda Reis, enquanto ainda estavam juntos. A colunista Fábia Oliveira publicou áudios em que a influenciadora Lisa Barcelos descreveu momentos íntimos que teve com o cantor. Nos áudios em questão, a digital influencer conta que o caso se deu na casa de Nego, onde ele morava com Duda Reis, na Barra da Tijuca, RJ.

Após a grande repercussão dos áudios em todas as redes sociais, principalmente pelo conteúdo explícito do material, Duda Reis se pronunciou. Em seu Instagram Story, a atriz demonstrou frustração por mal ter saído do relacionamento abusivo e já estar recebendo “baixaria” sobre o ex. Duda também disse que o relacionamento dos dois era abusivo, e expôs mais uma das diversas traições que, segundo ela, sofreu.

Duda chora nos stories

“Como se não bastasse eu ter saído com diversas feridas e traumas por causa do bom samaritano de rede social, recebo agora mais baixaria no meu celular e vou começar a expor mesmo”, escreveu a atriz, na tarde de ontem (12). Já pela noite, Duda Reis foi aos stories novamente para fazer um novo desabafo de como estava se sentindo. Aos prantos, a digital influencer se culpou por não ter enxergado antes que estava numa relação abusiva.

“Eu estou recebendo tanta coisa que eu tinha certeza, na época eu falava ‘cara eu descobri, é isso’, eu ia conversar com o indivíduo e aí ele falava ‘você está maluca, não aconteceu’. E eu estou recebendo tanta coisa que era real, tanta mulher, print dessas pessoas que se envolveram com ele, mulheres falando até do meu corpo, falando que eu sou anoréxica, falando muita coisa pesada, está mexendo muito comigo”.

“Como que alguém pode fazer isso com uma pessoa? Isso não entra na minha cabeça. E ver que eu me sujeitei a tanta coisa, que eu fui contra as pessoas que eu amo, as pessoas que me amavam, mas eu estava cega. Eu acreditava piamente nas mentiras da pessoa, eu era refém, eu tinha medo de falar, eu me sentia ameaçada”, disse Duda Reis, em meio às lágrimas. A atriz fez um grande desabafo, e disse que iria na delegacia tomar medidas.

Agressões, ameaças e racismo

Hoje (13), Duda Reis foi aos stories novamente e fez novas revelações sobre o relacionamento com Nego do Borel. Segundo ela, o cantor a agredia física e verbalmente, ameaçava matar a família de Duda e era racista quando fazia alguma caridade. A digital influencer fez as novas declarações após revelar ter descoberto que o cantor estava se reunindo com uma advogada para fazer um pronunciamento.

Segundo Duda, no pronunciamento Nego do Borel terá como objetivo criar mentiras sobre ela, dizendo que ela o teria traído e mandado fotos íntimas para outros. “O que eu gostaria de falar com vocês é a verdade. (…) Eu era muito manipulada, eu tinha muito medo, eu era ameaçada. Ele dizia que eu brigava com cachorro grande, ele dizia que ia mandar matar a minha família”.

“Todas as vezes que eu me expus aqui a favor [de Nego], eu era obrigada a fazer isso, eu sentia medo, eu não sabia o que fazer. Eu me sentia um rato num beco sem saída, era a pior sensação do mundo, eu tinha medo, eu sabia de tudo o que ele fazia. Eu sabia de coisas ilícitas que ele está envolvido e sempre esteve, e não cabe a mim falar mas cabe às autoridades do país investigarem”.

‘Eu sofri sim agressão física’

Conforme relatado pela atriz, Nego do Borel batia nela, e depois a beijava, fazendo Duda acreditar que aquilo era amor. “Eu sofri sim agressão física, já tiveram episódios que ele me empurrou, um, inclusive, ele vai lembrar muito bem. Teve um episódio que ele me empurrou tão forte que eu caí em cima de várias cadeiras que eu me machuquei”.

“E um amigo dele que é uma figura pública, inclusive, entrou no meio para apartar a briga, não briga, porque ele brigava sozinho, mas entrou no meio para poder segurar. Isso vai fazer parte de uma das agressões do BO que eu estou abrindo contra ele. Não foi a primeira, não foi a única agressão, assim como todas as agressões verbais que eu ouvia, e todas as manipulações também. Eu era manipulada a defendê-lo”, revelou Duda Reis.

A atriz contou que Nego do Borel gravava as poucas ligações que Duda Reis fazia com as amigas e estava longe dele. Até mesmo em sessões de terapia, o cantor permanecia na frente da atriz, conforme relatado. Além disso, o funkeiro gravava vídeos manipulados, em que pedia para Duda dizer que ele não a agredia. Com medo, a influencer negava as agressões nos registros. “Tudo o que ele faz, é para aliviar a barra dele”, disse.

‘Odeio negro, eles fedem’

“Até agora não foi nem metade, e quando eu soltar os cachorros, vai ser pior”, avisou Duda Reis. Depois de vários stories dando detalhes sobre o relacionamento abusivo, a atriz também contou que as caridades que Nego do Borel fazia eram para autopromoção, além de ele ser racista. “Cuidado na questão de caridade dele, porque é tudo uma mentira, ele só faz para se autopromover mesmo”.

“Os vídeos com meninos no sinal, é tudo mentira. Ele parava de gravar e falava assim ‘odeio pobre, odeio negro, eles fedem’. Ué, cadê a representatividade? E eu ficava indignada e falava assim ‘gente mas são pessoas normais, o que está acontecendo?’, porque ele é racista com ele mesmo”, disse Duda.

Ela continuou: “Então cuidado quando vocês forem aplaudir alguma ação social dele, porque nunca é de coração. Era sempre assim ‘está gravando? Começa a gravar, por favor?’, aí fazia uma cena, e quando parava de gravar tratava todo mundo mal, é só vocês irem nas favelas e perguntar, é simples”.

Depois das revelações sobre o período em que foi companheira de Nego do Borel, Duda Reis finalizou os stories pedindo perdão à sua família, em meio a lágrimas. “Eu queria vir aqui pedir perdão para a minha família, um perdão público por eu não ter escutado eles, mas eu estava cega em compensação. Os meus pais sempre me amaram muito, e tudo foi um ato de amor, e eu queria muito pedir perdão, e dizer que eu amo muito a minha família, e é isso, não se sujeitem a isso”.

Internautas apoiam Duda

No Twitter, os nomes de Duda Reis e Nego do Borel estão entre os assuntos mais comentados desde a tarde de ontem. Hoje, os internautas demonstraram revolta com os novos relatos de Duda Reis. Muitos comentaram sobre a defesa que Nego do Borel estaria montando. Veja a repercussão:

Edição: Roberth Costa
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários