Filha de Elon Musk entra com processo para mudar de nome e tirar sobrenome do pai

Processo foi aberto um dia após Vivian completar 18 anos
Processo foi aberto um dia após Vivian completar 18 anos (Divulgação/TED Conference)

A filha de Elon Musk entrou com um processo na Justiça dos Estados Unidos para modificar seus documentos legais e retirar o sobrenome do pai. Além disso, Vivian Jenna Wilson, mulher trans de 18 anos, também formalizará seu nome social no processo. Musk é atualmente um dos homens mais ricos do mundo e tem sete filhos.

De acordo com o site TMZ, que publicou a informação nessa terça-feira (21), os documentos foram encaminhados para o condado de Los Angeles, na Califórnia. Na argumentação do processo, Vivian precisa listar os motivos para a mudança de nome, que vão além da expressão de sua identidade de gênero. “Identidade de gênero e o fato de eu não viver ou desejar estar relacionada com meu pai biológico de qualquer forma”, escreveu a jovem como justificativa.

Nenhum dos envolvidos no processo se manifestou publicamente até o momento. Porém, em dezembro de 2020, Elon Musk criticou o uso de pronomes neutros. “Eu apoio totalmente a comunidade trans, mas todos esses pronomes são um pesadelo estético”, escreveu no Twitter.

Vivian é filha do primeiro casamento de Musk com a autora de livros Justine Wilson Musk, de onde tirou o sobrenome que ela vai aderir. A jovem também tem um irmão gêmeo e outros 4 irmãos do casamento dos pais, que durou de 2000 a 2008. A audiência de Vivian sobre a mudança de nome está marcada para sexta-feira (24).

Nas redes sociais, a notícia vem gerando um burburinho sobre como ficarão as questões legais da fiança e as coisas que Vivian deve ter vivido para decidir tirar o nome do pai da certidão de nascimento.

Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários