Padre é atacado por fãs de Juliette após brincadeira e dispara: ‘Vão procurar uma bacia de roupa pra lavar’

padre
Padre fez vários posts se defendendo dos ataques nas redes (Reprodução/Twitter)

O padre Patrick Fernandes, conhecido pelos conselhos bem humorados que dá aos fiéis, precisou usar as redes sociais para um assunto bem menos divertido nesse fim de semana. É que, após fazer uma brincadeira durante uma live com Juliette Freire e Whindersson Nunes, o padre sofreu diversos ataques dos “cactos” – como são chamados os fãs da campeã do BBB. Por causa da repercussão, ele usou o Twitter para se defender.

Tudo começou quando o padre fez uma brincadeira sobre um suposto romance entre Juliette e seu colega de confinamento Rodolffo, da dupla com Israel. Na noite dessa sexta (8), durante uma live com a campeã do reality, Patrick a questionou sobre o sertanejo e depois brincou com o assunto nas redes: “Só não faço esse casamento se não me chamarem. Se me chamarem já tô com a roupa de ir”.

Não demorou muito para os fãs de Juliette encontrarem a publicação. Vários ficaram insatisfeitos com o post e dirigiram ataques ao padre. Por causa da repercussão, os termos “padre” e “Patrick Fernandes” chegaram a ficar entre os assuntos mais comentados da rede social durante a madrugada.

‘Quanta imaturidade’

Apenas uma hora depois do primeiro post, o padre voltou às redes para se defender dos ataques dos fãs de Juliette. “Pessoal, fiz uma pergunta inocente, eu entrei na onda aqui porque imaginei que todos vocês estavam brincando, assim como eu. Jamais pensei que algo tão bobo pudesse tomar essa proporção! Tanto xingamento a troco de nada, quantos anos vocês têm!? Quanta imaturidade”, disse.

Em um segundo tuíte, Patrick Fernandes continuou: “Gente, é sério que isso está acontecendo? Fiz uma brincadeira apenas, apenas brinquei com a situação porque os próprios fãs começaram”. Ele também comentou comparações feitas com o padre Fábio de Mello e lamentou: “Internet tá doente”.

Ao longo da noite, Patrick fez diversos outros tuítes se defendendo dos ataques e lamentando a proporção que tomou a situação. Ele ainda agradeceu pelo apoio da parte dos “cactos” que tentou defendê-lo e voltou a se justificar. Confira alguns dos posts feitos pelo padre abaixo:

Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Editora do BHAZ desde julho de 2021 e repórter desde 2019. Graduada em jornalismo pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais). Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2021, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sebrae de Jornalismo também em 2021.

Comentários