Pastora Sarah Sheeva admite não fazer sexo há mais de 17 anos

Pastora Sarah Sheeva revela nao transar há 17 anos
A pastora diz ter feito um voto de só se relacionar sexualmente após o casamento. (Reprodução/@sarahsheeva/Instagram)

A pastora Sarah Sheeva revelou ontem (2) durante participação no programa SuperPop, da RedeTV!, que está há mais de 17 anos sem fazer sexo. Ela conta que fez um voto de castidade mais nova, prometendo a Deus que só terá relações sexuais com alguém depois do casamento.

“Nem me lembro mais”, brincou a pastora ao responder a pergunta da apresentadora, Luciana Gimenes, sobre o tempo que está sem se relacionar. No entanto, a pastora explicou que o assunto é algo muito particular.

“Lu, com toda sinceridade do meu coração, Jesus é tudo pra mim. Eu sou uma mulher que eu consagrei minha vida a Deus. Decido ser uma pastora, uma missionária. Decidi, foi uma escolha”. explica a pastora.

Apesar do voto, Sarah fala que nesses 17 anos sem sexo chegou a namorar alguns homens, mas sem partir para o ato sexual, um tipo de namoro conhecido nas igrejas pentecostais como “corte”. Na corte, os casais não podem se envolver a ponto de transarem, pelo menos não antes de se casarem. Ou seja, o namoro só pode acontecer com certo distanciamento, apenas com beijos e abraços “leves”.

“Com alguns, eu andava de mãos dada, outros eu abraçava, mas evitava beijar. No início, dava beijinhos, mas vi que não dava certo porque esquentava a chapa. Então, fiz o voto de só beijar na boca no altar”, comenta.

Sem pressa

Apesar do tempo, a pastora afirma que não há pressa para casar logo. Ela diz que o sexo é algo criado por Deus e que nem sempre é fácil encontrar uma pessoa que seja compatível. “Uma coisa maravilhosa, criada por Deus para unir espíritos”. No entanto, diz que não se sente ansiosa para casar logo. “Eu desejo um melhor amigo, não é fácil de encontrar”, conta.

Sarah relembra que, antes de se converter, viveu “uma vida promíscua”. “Deus me chamou e disse, ‘você vai ficar muitos anos sozinha e vão fazer piada de você. Vai demorar muito tempo para você casar’. Eu disse, ‘eu aceito’. Por isso que não me assusta. Tem muitos pastores que acham que estou escolhendo demais”.

Edição: Roberth Costa
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários