Polícia descobre passagem secreta em apartamento de ator encontrado morto em SP

morre-ator
Ator foi encontrado morto no apartamento em que morava (Reprodução/@luizcarlos_arte/Instagram)

A morte do ator Luiz Carlos Araújo, que participou da novela ”Carinha de Anjo”, do SBT, ainda está sendo investigada pela Polícia Civil. Ele foi encontrado sem vida no apartamento em que morava, em São Paulo (SP). Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, acessado pelo Notícias da TV, entre vários outros relatos curiosos, foi apontado que o apartamento tinha uma passagem secreta que possibilitava o acesso ao local sem passar pela portaria.

A equipe policial que encontrou o corpo no último sábado (11) ainda observou que as câmeras internas estavam todas desligadas. O corpo foi encontrado sem sinais aparentes de violência física. Estima-se que a morte tenha acontecido cinco dias antes da chegada dos policiais, já que o ator foi encontrado com o rosto disforme e com a pele bastante escurecida.

Segundo o relato oficial, o ator vestia uma cueca vermelha, uma camiseta azul e meias cinzas quando foi encontrado pela polícia. O corpo estava deitado na cama, de barriga para cima e com as pernas levemente dobradas. Já em relação à passagem secreta, as autoridades perceberam que há uma grande área aberta no quarto da vítima, sendo que uma rede fazia parede contígua com uma caixa d’água. Segundo os policias, esse local fazia com que fosse possível acessar o apartamento sem a necessidade de passar pela portaria do prédio.

“Aparente possibilidade de sair do apartamento – apenas, obviamente, por alguém que o conhecesse muito bem, assim como a rotina do prédio e dos vizinhos”, informa o relato.

Visitante frequente

O porteiro do prédio, Pedro da Silva Araújo, relatou à polícia que viu o ator pela última vez na segunda-feira (6), quando ele saiu para almoçar. O funcionário também disse que o famoso recebia, todos os dias, a visita de um homem que também se chamava Luís. O rapaz foi apresentado como um amigo da academia. “Ultimamente via, apenas, que um rapaz também chamado Luís sempre vinha almoçar com a vítima e sabe que ele também é aluno da academia Blue Fit”, informa o boletim.

“Este rapaz passava bastante no apartamento, inclusive depois que a vítima retornava da academia – sendo que sempre era hábito dela voltar em torno de 18h”, consta no registro. O porteiro descreve este homem como bem alto, bem forte, branco, com cabelos pretos e barba. A testemunha também não se recordou de ter visto nenhuma tatuagem no corpo dele nem ter escutado um sotaque diferente do paulistano.

Investigação

A polícia segue investigando do caso. Alguns itens da casa foram apreendidos pela perícia para análise de impressão digital, além de equipamentos de segurança e dos dois celulares encontrados ao lado do corpo do ator. A polícia ainda vai realizar uma análise técnica para identificar uma possível fuga do ambiente por escalada. Um relato detalhado também será enviado pelo IML (Instituto Médico Legal).

Entenda

Uma amiga foi quem deu falta do artista e, sem conseguir falar com o ator, pediu ajuda a outras conhecidas. Marilice Cosenza, uma das amigas de Luiz Carlos, relatou por meio do Facebook ter tentado falar com o ator pelo telefone há vários dias. Sem resposta, ontem ela percebeu que o telefone dele estava desligado. Foi então que acionou outras amigas, que foram ao apartamento de Luiz.

As mulheres contaram com a ajuda de um chaveiro para acessar o apartamento, na presença de policiais, e encontraram o amigo sem vida na cama. ”Falei com ele no domingo e fui uma das últimas. Tudo triste e inacreditável. Assim que eu tiver mais informações, inclusive do velório, eu aviso. Oremos por ele, lembremos da alegria dele e celebremos a arte como ele brilhantemente fazia”, escreveu Marilice na postagem.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários