Rita Lee surge de cabelo curto em clique raro após luta contra câncer no pulmão

rita-lee
Rita Lee ficou meses sem aparecer publicamente após ter sido curada do câncer (Reprodução/@roberto_de_carvalho/Instagram)

Após ficar meses sem aparecer publicamente por conta do tratamento de um câncer no pulmão, a cantora Rita Lee, 74, deu o ar da graça no Instagram do marido, nessa terça-feira (21). A artista, que apareceu muitas vezes usando cabelo vermelho, e depois assumiu o tom acinzentado, usando franja e chapéu, estava com os fios curtinhos e sem nenhum acessório.

O registro de Rita Lee acumula, até o momento, mais de 21 mil curtidas e cerca de 1,7 mil comentários. A cantora fez pose para a foto equanto usava um casaco florido em um ambiente com iluminação vermelha. Roberto de Carvalho, 69, marido da artista, escreveu na legenda: “RL agora”, e adicionou emojis de brilhos e explosões.

Internautas, incluindo músicos e famosos, deixaram comentários positivos e emojis de corações na foto de Rita Lee. “A maior”, disse uma usuária. “Miss Brasil 3000”, declarou o cantor Lulu Santos. “Rita eu te amoo!!!!”, comentou uma terceira pessoa.

Rita Lee vence tumor no pulmão

Em maio do ano passado, Rita acabou sendo diagnosticada com um tumor no pulmão esquerdo, e logo iniciou o tratamento. A cantora havia descoberto o problema após fazer exames de rotina no Hospital Albert Einstein. Um ano depois, a própria cantora deu a notícia de que está curada do câncer.

Na ocasião, amigos e fãs da artista comemoraram a recuperação dela: “Comadre Aníbal”, disse o músico Gilberto Gil no Twitter, ao compartilhar a notícia. “Esse dia tava tão borocoxô, mas aí eu li que a Rita Lee tá curada do câncer e fiquei feliz”, escreveu outro usuário. Confra:

O filho da cantora, Beto Lee, fez um post celebrando e revelou que a artista chegou a apelidar o tumor de “Jair”. Os fãs de Rita Lee logo associaram o nome ao presidente Jair Bolsonaro (PL). “A cura da minha mãe me emocionou pra c*ralho. Melhor notícia de todos os tempos. Manteve a cabeça erguida, com vontade de lutar e encarou tudo com seu bom humor habitual, tanto que apelidou o tumor de ‘Jair’. That’s Rita”.

Edição: Roberth Costa
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários