Padrasto mata jovem de 18 anos ao impedi-lo de entrar em casa por Covid-19

Bairro Novo Riacho
Jovem teria envolvimento com crimes na região e não morava na casa (Reprodução/Google Street View)

Na véspera de Natal, um jovem de 18 anos foi morto a facadas pelo padrasto depois de ser impedido de entrar na casa da família, por medo da Covid-19, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, a mãe do rapaz é do grupo de risco da doença e o jovem insistiu em entrar no local, mesmo sendo impedido na porta, na tarde dessa quinta-feira (24).

De acordo com o depoimento da irmã da vítima à PM, o jovem, que não mora na casa com a mãe e o padrasto, chegou ao local com o comportamento alterado e tentou entrar na residência, no bairro Novo Riacho. Ele foi impedido pelo padrasto, 53, que afirma que o rapaz é usuário de drogas e está envolvido com crimes de furto na região.

Briga

Segundo o padrasto, ele não deixou o jovem entrar porque a esposa, mãe da vítima, é obesa e pode ter complicações se for infectada pela Covid-19. De acordo com o depoimento das três testemunhas, – o autor, a mãe e a irmã da vítima – ao ser impedido de entrar, o jovem pegou um pedaço de azulejo e tentou agredir o padrasto.

A mãe e a irmã tentaram intervir e acabar com a briga, mas, ainda segundo os depoimentos, elas foram empurradas pelo jovem. O padrasto, então, foi até a cozinha, pegou uma faca e deu três golpes no tórax do rapaz. Quando a PM chegou ao local, ele já estava morto.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também foi acionado ao local, por volta das 17h de ontem, e um médico da equipe constatou o óbito do jovem. A Polícia Civil foi acionada para fazer a perícia e o corpo da vítima foi levado ao IML (Instituto Médico-Legal).

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários