Minas Gerais é responsável por 40% da produção mineral do Brasil, aponta levantamento da FIEMG

Minas Gerais é responsável por 40% da produção mineral do Brasil
A indústria da mineração é fundamental para a economia brasileira. Atuando com base na responsabilidade social e respeitando os preceitos do desenvolvimento sustentável, o setor pode contribuir decisivamente para o bem-estar e a qualidade de vida. (Reprodução/Envato Elements)

Minas Gerais é o estado brasileiro que traz no nome a força e a importância da indústria da mineração para a própria economia e, em consequência, para o PIB do país. Em 2020, por exemplo, o saldo da balança comercial do segmento ultrapassou os 9,3 milhões de dólares.

Levantamento feito pela Federação das Indústrias (FIEMG) aponta que 40% da produção mineral brasileira tem origem nas Minas Gerais, especialmente, a extração de minério de ferro.

Essa commodity, principal matéria-prima do aço, é vital para a fabricação de uma infinidade de produtos que fazem parte do dia a dia de todos, essenciais para a promoção da saúde e do bem-estar da população. Automóveis, eletrodomésticos, as estruturas das estradas, dos viadutos, das nossas casas, escolas, hospitais, tudo isso só existe a partir do emprego do aço.

Canetas, pen-drives, computadores, aviões, bicicletas e uma infinidade de outros itens indispensáveis nos dias de hoje – inclusive, na indústria farmacêutica – integram essa lista de produtos originários da indústria da mineração nacional.

A FIEMG revela ainda que 69% de tudo o que é produzido pela indústria extrativa mineira são exportados para a China. E que as mais de 1.800 empresas de mineração em Minas são responsáveis por uma geração que ultrapassa os 64 mil empregos.

Sustentabilidade

“A exploração dos recursos naturais com sustentabilidade é uma realidade e se encontra enraizada no setor de mineração, que contribui significativamente para a proteção da biodiversidade no Estado de Minas Gerais. O setor minerário passa por um processo de licenciamento ambiental longo e com muitas exigências”, frisa o gerente de Meio Ambiente da FIEMG, Tiago Rodrigues Cavalcanti.

“De acordo com estudo feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), há 30.000 normas ambientais em vigor no país relacionadas ao processo de licenciamento ambiental. Só Minas Gerais, mantém quase 1.000 normas relativas aos processos de regularização ambiental”, afirma.

Portanto, reforça Cavalcanti, os empreendimentos minerários só podem se instalar e operar em Minas Gerais depois de cumprir todos os requisitos e padrões ambientais exigidos pela legislação ambiental federal e estadual. A mineração sustentável e que deve passar pelo processo de licenciamento ambiental só o obtém e o mantém quando cumpridos os exigentes padrões da legislação ambiental.

Comentários