Preso há 2 meses, DJ Ivis foi de astro aclamado a perigo para a sociedade

dj ivis cadeia
Réu por agredir a ex-mulher, Pamella Holanda, produtor segue preso sob segurança especial para garantir integridade física (Reprodução/Metrópoles)

Por Leo Dias

caso DJ Ivis completa dois meses nesta terça-feira (14) e ainda é lembrado nas redes sociais. Iverson de Souza Araújo foi preso em um condomínio de luxo em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, acusado de agredir covardemente a então esposa Pamella Holanda, causando indignação nacional. A coluna LeoDias foi quem revelou o caso com exclusividade. Hoje, ele continua detido no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, no município de Itaitinga.

Em agosto, um pedido de habeas corpus para Ivis foi negado pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Os desembargadores da 1ª Câmara Criminal, por dois votos a um, decidiram manter a prisão do artista. No dia 19 de julho, a Justiça do Ceará também negou habeas corpus ao DJ. No total, foram oito habeas corpus negados. Dois no Tribunal de Justiça do Ceará, quatro no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ivis está em uma situação especial de segurança para que seja garantida a integridade física do produtor, já que o caso teve grande repercussão. O caso DJ Ivis veio à tona depois que a arquiteta divulgou vídeos em que levava socos, chutes e puxões de cabelo do então marido, durante uma briga. Em uma das cenas de violência, ele agride Pamella na frente da mãe e da filha do casal, de nove meses na época, e também de um funcionário de Ivis, que não fez nada para impedi-lo.

Leia a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Metrópoles
Metrópoles

O Metrópoles é um veículo de comunicação ágil, com linguagem acessível e totalmente focada no digital. Informar, escutar, interagir, debater, denunciar, diversificar, entreter e prestar serviço à sociedade do Distrito Federal e do país são especialidades do portal.

Comentários