Bolsas de mais de R$ 2,5 mil! Programa mineiro oferece formação para jovens do país

Programa Corre Criativo
Jovens de 18 a 35 anos de todo o Brasil podem se candidatar para uma das 30 vagas disponíveis (Paulo Silva/Divulgação)

O programa “Corre Criativo”, que promove a capacitação de jovens brasileiros em gestão de projetos e negócios, está com inscrições abertas até o dia 28 de julho. A formação empreendedora busca consolidar iniciativas que impulsionam o protagonismo da periferia na geração de soluções aos seus desafios socioeconômicos, culturais e ambientais.

Jovens de 18 a 35 anos de todo o Brasil podem se candidatar para uma das 30 vagas disponíveis neste link. Os selecionados receberão uma bolsa no valor de R$2.700, durante os 3 meses de capacitação, sendo R$900,00 para cada mês participado.  

Em 2021, o programa é uma correalização do FA.VELA, hub mineira de educação, com a Futuros Inclusivos, plataforma de inovação social do FA.VELA que busca apoiar empresas, governos e organizações sociais no desenvolvimento de seus objetivos para a construção de futuros plurais. 

“Esta é uma oportunidade valiosa para negócios e iniciativas dos mais diversos setores de atuação entenderem o seu papel no amanhã dos seus territórios. Já tivemos edições trazendo concepções sobre o futuro da educação e da cultura, por exemplo, e este ano estamos trazendo este olhar mais imersivo e inclusivo das diversas dimensões que englobam o empreendedorismo do amanhã”, diz Tati Silva, cofundadora e diretora executiva do FA.VELA. 

Formação e conteúdos

O programa vai oferecer conteúdos-bases para o desenvolvimento e a solidificação de negócios, como gestão, comunicação, marketing e finanças. A iniciativa busca abordar a temática de futuros a partir de diversas lentes, como a tecnologia, o trabalho, o meio ambiente, a economia, a diversidade, os territórios, as culturas organizacionais, a inovação social e a educação.    

A formação acontecerá de setembro a dezembro de 2021, somando 40 horas aulas expositivas ao vivo, videoaulas e acesso a mentorias personalizadas com participação de especialistas de diversas áreas. 

Além disso, os selecionados automaticamente entram para a plataforma de formação empreendedora contínua do FA.VELA, chamada “Escola”. O objetivo da iniciativa é conectar os ex-participantes dos projetos da organização a oportunidades de aprendizagem, por meio de conteúdos digitais e mentorias individuais com especialistas.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários