Show em Contagem com 300 pessoas sem máscara é interrompido

show-aglomeração-contagem
Patrulha interditou o local e dispersou as pessoas presentes (Guarda Civil de Contagem/Divulgação)

A Guarda Civil de Contagem interditou, na noite desse domingo (9), um show com aglomeração de mais de 300 pessoas, que não estavam utilizando máscaras ou outra medida de proteção contra a Covid-19. A movimentação aconteceu na avenida Princesa Isabel, no bairro São Joaquim. O organizador da apresentação recebeu uma advertência, e o dono do local, que acabou sendo interditado, responderá criminalmente.

Segundo a Patrulha Pacto Pela Vida, que é composta pela Guarda Civil de Contagem, pela Polícia Militar e por fiscais da prefeitura, a equipe recebeu informações na Central do Olho Vivo a respeito de uma grande movimentação de pessoas. De acordo com a averiguação, os indivíduos estavam entrando e saindo do local informado.

Com isso, as autoridades foram até o espaço e identificaram mais de 300 pessoas aglomeradas sem máscara ou alguma outra medida de proteção. No local também havia venda e consumo de bebidas alcóolicas.

Show com venda de bebidas alcóolicas em Contagem (Guarda Civil de Contagem/Divulgação)

A patrulha também conseguiu identificar o organizador e diversas violações aos protocolos sanitários de segurança contra a Covid-19 e ao decreto municipal. Ainda segundo a Guarda Civil, o número de pessoas no local era superior ao permitido.

Na última quarta-feira (5), a prefeitura de Contagem publicou um decreto que flexibilizou o funcionamento de alguns setores econômicos da cidade. Entretanto, continuam proibidas a abertura de casas noturnas, casas de shows, e a realização de eventos que promovam qualquer tipo de aglomeração.

Advertência

Conforme as autoridades que realizaram a operação, ninguém foi conduzido para a delegacia pois a aglomeração e a promoção da festa sem a autorização sanitária não é juridicamente caracterizada como crime. Com isso, na noite de ontem (9), o organizador recebeu orientação e uma advertência, pois não é o proprietário do local e havia apenas alugado. A Guarda Civil, a Polícia Militar e os fiscais da prefeitura de Contagem também dispersaram as 300 pessoas presentes.

Posteriormente, a Patrulha Pacto Pela Vida apurou que o local está com o alvará de funcionamento vencido, pois lá funcionava uma espeteria que acabou descumprindo ordens de funcionamento e foi interditada. Com isso, as autoridades acionarão o Ministério Público para que o dono do local responda criminalmente pela reincidência. No momento, a fiscalização de Posturas está levantando os dados do proprietário do espaço para responsabilizá-lo.

Patrulha Pacto Pela Vida interdita local com aglomeração (Guarda Civil de Contagem/Divulgação)

UTI Covid em 86%

Em Contagem, a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) Covid está em 86%, conforme informações do Boletim Covid-19 da cidade, publicado nesse domingo. Já as vagas da enfermaria Covid estão 67% preenchidas. Até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde do município notificou mais de 160.000 casos da doença, tendo sido confirmados 32.253. O número de mortes por Covid-19 em Contagem atingiu a marca de 1.324.

Edição: Thiago Ricci
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários