Home Notícias Minas Gerais Condenado por matar ex-namorada em faculdade mineira é extraditado para o Brasil

Condenado por matar ex-namorada em faculdade mineira é extraditado para o Brasil

Nesta quinta-feira (16), a Polícia Federal (PF) conseguiu extraditar Ricardo Leonel Lima, de 36 anos, para o Brasil. Ele é condenado por assassinar a ex-namorada em uma faculdade na cidade de Diamantina. O homem estava foragido desde 2003.

Ricardo chegou a ser preso pelo crime, mas fugiu ao receber liberdade provisória. Ele deixou o Brasil em agosto de 2007 utilizando documentos falsos. Desde então, estava escondido na cidade de Queluz, em Portugal.

O crime aconteceu no dia 17 de dezembro de 2003, quando Ricardo invadiu uma sala de aula e começou a discutir com sua ex-namorada. Ele estava inconformado com o fim do relacionamento entre os dois. Sem conseguir a reconciliação, o rapaz esfaqueou a vítima. A jovem, que tinha 21 anos na época, chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

Em outubro de 2009, ele foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Diamantina. A pena imposta ao agressor é de 20 anos de reclusão pela prática do crime de homicídio duplamente qualificado.

Em janeiro de 2010, Ricardo entrou na lista de foragidos internacionais procurados pela Interpol. Após investigação, ele foi encontrado na cidade portuguesa, onde vivia com um nome falso.

Atualmente, o homem é casado e tem uma filha. Antes de ser localizado, ele trabalhava como operário em uma indústria açucareira. Preso desde 20 de setembro do ano passado, Ricardo foi extraditado para o Brasil somente nessa quinta-feira.

Agora, ele será encaminhado ao Presídio Regional de Diamantina, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Comentários

Rafael D'Oliveira

Jornalista e redator do portal Bhaz

Carregar mais em Minas Gerais