Home Notícias Política Cláudio Humberto é acusado de extorsão pela delação da JBS

Cláudio Humberto é acusado de extorsão pela delação da JBS

Não são apenas os políticos que estão sendo pegos pela delação premiada da JBS. Quem entrou na dança foi o jornalista Cláudio Humberto, que ganhou notoriedade em 1990 como assessor de Comunicação do presidente Fernando Collor e foi acusado de extorsão por Ricardo Saud, diretor do grupo JBS, em depoimento à Procuradoria Geral da República (PGR) no dia 5 de maio.

Segundo Ricardo Saud, Cláudio Humberto estava extorquindo-o por meio de notas, publicadas em sua coluna “Diário do Poder”, que circula em diversos jornais brasileiros. Nessas notas, Cláudio Humberto definia Saud como sendo o “homem da mala” da JBS. Para que notas desse tipo deixassem de ser publicadas, o diretor da JBS acertou o pagamento de R$ 18 mil mensais a Cláudio Humberto. O pagamento seria feito durante dois anos.

 

Comentários

Carregar mais em Política