Home Notícias BH Dnit desmente Kalil sobre restrição de veículos pesados no Anel Rodoviário

Dnit desmente Kalil sobre restrição de veículos pesados no Anel Rodoviário

estreitamento no anel rodoviário

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) desmentiu a Prefeitura de Belo Horizonte sobre uma possível interrupção do tráfego de veículos pesados no Anel Rodoviário a partir de março, anunciada ontem pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. Em nota publicada em seu site na tarde desta quarta-feira (11), o órgão informou que a única decisão tomada no encontro de ontem foi relativa à continuidade dos estudos que visam avaliar os impactos de uma medida desse tipo.

Ontem (10), o prefeito Alexandre Kalil (PHS) utilizou as redes sociais para informar que a partir de março veículos de carga pesada estarão proibidos de circular no Anel Rodoviário. Essa seria a primeira medida preventiva acertada com os órgãos responsáveis para evitar graves acidentes na rodovia.

A declaração foi feita após ele reunir-se com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, representantes do Dnit, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da concessionária Via-040.

O Bhaz entrou em contato com a PBH, que afirmou não ter nada a declarar sobre a nota do Dnit.

Nota Dnit

A respeito do que foi veiculado nesta quinta-feira (11/01) pela mídia do estado de Minas Gerais em relação ao tráfego no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, o DNIT esclarece o que segue abaixo:

– Ainda não houve qualquer decisão sobre restrição à circulação de veículos de carga no trecho.

– O que foi definido, até o momento, é que os estudos para avaliar os impactos de tal medida terão continuidade e deverão ser concluídos somente em março, quando só então será tomada uma decisão sobre o assunto.

– Também foi decidido que será desenvolvido um plano de ação visando mitigar o número de acidentes no trecho que concentra o maior número de ocorrências, próximo ao bairro Bethânia, que é concedido.

– O DNIT vai acompanhar o grupo de trabalho técnico e verificar os reflexos nos trechos sob sua administração.

Comentários

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Carregar mais em BH