Home NotíciasMinas GeraisZema anuncia privatização de 2,5 mil quilômetros de rodovias em Minas

Zema anuncia privatização de 2,5 mil quilômetros de rodovias em Minas

O Governo de Minas
anunciou nesta sexta-feira (31) o programa de Concessões Rodoviárias, projeto
que prevê a privatização de 2,5 mil quilômetros de rodovias mineiras. De acordo
com o governador Romeu Zema (Novo), a expectativa é atrair investimentos da
ordem de R$ 7 bilhões em sete lotes de rodovias estaduais, além de gerar mais
de 9,5 mil empregos.

Segundo o Governo, as concessões vão durar de 25 a 30 anos e mais de 100 municípios serão beneficiados. Zema disse que a medida é a única alternativa viável para o Estado.

Leia mais: Surto de Covid-19 atinge andar do Hospital João XXIII; pacientes são transferidos

“A infraestrutura é
essencial para o desenvolvimento econômico, e um Estado na situação financeira
de Minas não tem condições mínimas de fazer novos investimentos. Esse nosso
programa de concessões vem ao encontro dessa realidade, nós temos de ser
realistas e fazermos aquilo que é viável para o Estado”, disse.

Nesta primeira etapa, sete lotes serão incluídos no programa, que inclui cidades históricas e com grande fluxo de turistas. “A perspectiva é que a gente consiga fazer o lançamento destes lotes ao longo do governo, começando já no final deste ano. A meta é que tenhamos um edital por trimestre, tão logo os estudos sejam realizados”, disse o subsecretário de Regulação de Transportes, Diogo Prosdocimi,

Divulgação/Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade
Leia mais: Patrão é condenado por estuprar filha de empregada doméstica em MG

Já no terceiro trimestre
deste ano, está prevista a retomada da licitação do lote composto pela MG-424 –
entre a MG-010 e a entrada de Sete Lagoas, com 51 quilômetros de extensão.

A licitação do trecho
chegou a ser lançada em 2018, mas foi suspensa ainda no governo anterior. A
requalificação da MG-424 é uma forma de atrair novos investimentos para
diversos municípios da área central do Estado, além de possibilitar acesso mais
rápido ao Aeroporto de Confins. Dentre outras intervenções, a licitação
contemplará a construção dos contornos de Matozinhos e Prudente de Morais,
cidades severamente afetadas pelo volume de carretas e veículos pesados que
trafegam na região.

Com
informações da Agência Minas

Comentários