Home Notícias Minas Gerais Homem esfrega pênis em passageira e pula janela de ônibus para fugir

Homem esfrega pênis em passageira e pula janela de ônibus para fugir

A Polícia Civil vai investigar o caso de uma mulher de 29 anos que sofreu importunação sexual dentro de um ônibus em Montes Claros, no Norte de Minas, na quinta-feira (6). Ela estava no coletivo, ainda pela manhã, quando notou que um desconhecido aproveitava a lotação do veículo para encochá-la. O homem teria esfregado o pênis nas nádegas e a mão por outras partes do corpo dela. Para fugir, o suspeito ameaçou o motorista e pulou a janela do ônibus.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a passageira relatou ter notado algo tocando as nádegas dela e que, em determinado momento, se deu conta de que era o homem. Ela tentava se desvencilhar, mas não conseguia devido à lotação do veículo. Outros ocupantes notaram o constrangimento e reclamaram da situação com o autor, gerando um princípio de tumulto.

O homem começou, então, a ficar agressivo e exigiu que o motorista encostasse o ônibus. Caso contrário, quebraria o veículo. O condutor relatou ter sentido medo da ameaça e que parou o carro. Apesar disso, o suspeito fugiu pela janela, já que não conseguia passar pelo corredor cheio.

A vítima contou ter se sentido constrangida, além de psicologicamente abalada. Disse ainda que em conversa com outros passageiros, descobriu que o homem já havia importunado outras pessoas. O caso está sob responsabilidade da 4ª Delegacia de Montes Claros.

Importunação sexual

A lei que pune importunação sexual foi sancionada em setembro deste ano. O crime é caracterizado pela realização de ato libidinoso na presença de alguém e sem sua anuência. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô. Antes, isso era considerado apenas uma contravenção penal, com pena de multa. Agora, quem praticá-lo poderá pegar de 1 a 5 anos de prisão.

Em Belo Horizonte, para denunciar casos de importunação sexual, vítimas e testemunhas podem entrar em contato com a Guarda Municipal por meio do telefone 153 e com a Polícia Militar pelo 190. No metrô, as denúncias podem ser feitas por meio de mensagens ou WhatsApp para o (31) 99999-1108.

Comentários