Home Notícias BH Kalil dispara contra Bolsonaro: ‘Bobajada de 1964 não me interessa’

Kalil dispara contra Bolsonaro: ‘Bobajada de 1964 não me interessa’

O prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve priorizar assuntos mais relevantes, em vez de ficar falando o que considerou uma “bobajada, em referência às falas do capitão da reserva sobre o período da ditadura militar.

A fala de Kalil ocorreu depois que Bolsonaro atacou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, nessa segunda-feira (29).

Segundo o capitão da reserva, “um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade”, disse.

Kalil foi taxativo durante sua fala. “Eu não gosto de briga, queria que o presidente estivesse falando em aumentar o repasse do SUS, da parte social, que não escutei uma palavra ainda, porque ‘bobajada’ de 1964 eu tinha 5 anos e não me interessa”, afirmou Kalil.

Ao dizer que um dia poderá contar sobre o desaparecimento de Fernando, Bolsonaro emendou: “Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar às conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco, e veio a desaparecer no Rio de Janeiro”, concluiu.

Comentários