Home Notícias Política Governos de Zema e Bolsonaro são aprovados por mineiros; veja resultados da pesquisa

Governos de Zema e Bolsonaro são aprovados por mineiros; veja resultados da pesquisa

Os governos de Romeu Zema (Novo) e Jair Bolsonaro (PSL) são aprovados pela maior parte da população de Minas Gerais. É o que aponta pesquisa realizada pela AMM (Associação Mineira de Municípios) e pelo Instituto de Pesquisa MDA. O levantamento foi divulgado nesta quarta-feira (16).

Em 227 municípios de Minas foram ouvidos, por telefone, 1,5 mil eleitores e a maioria deles aprovam o governo de Zema. “O resultado aponta que, de forma geral, há uma avaliação positiva do governo, pois ele tem percentual de ótimo e bom (36,5%), superior ao de ruim e péssimo (18%), com isso a aprovação do eleitorado”, disse Marcelo Souza diretor da MDA.

Os entrevistados primeiramente responderam um questionamento avaliando o governo Zema. Nele, os participantes da pesquisa tinham cinco opções e a margem de erro é de 2,5 pontos:

  • Ótimo e Bom – 36,5%
  • Regular – 39,2%
  • Ruim e péssimo – 17,8%
  • Não souberam ou não responderam – 6,5%

O levantamento observou que, ao serem perguntados se aprovavam ou não o governo Zema, aqueles que estavam no “regular” migraram para a aprovação do governador:

  • Aprova – 54,5%
  • Desaprova – 29,9%
  • Não souberam ou não responderam – 15,6%

Para o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, a boa avaliação ocorreu por conta da “equilibrada” dada por Zema no Estado. “A aprovação não é difícil, pois da forma que ele pegou o Estado, qualquer ‘equilibradazinha’ é bem avaliada e muito principalmente pela forma séria de procurar cumprir o que trata e praticar o que fala, além de organizar o Estado”.

Mesmo com o resultado favorável, Julvan alerta que “a credibilidade tem uma certa fragilidade, pois o grau de pessoas que estão avaliando como regular podem migrar para um lado e de outro a qualquer momento”, disse.

Apesar de estar bem avaliado pelos mineiros, Zema não encontra apoio da população em algo que pretende fazer: privatizar a Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) e a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais).

Copasa

  • Contra – 46%
  • A favor – 37%
  • Não souberam ou não responderam – 17%

Cemig

  • Contra – 48%
  • A favor – 36%
  • Não souberam ou não responderam – 16%

A desestatização, segundo Julvan, continuará sendo alvo do governo Zema, apesar de não ter o apoio popular, pois isso é um dos requisitos para o plano de Recuperação Fiscal, junto ao Governo Federal.

“Ele [Zema] está fazendo uma sondagem com a Codemig, se colar ele vai trazer as outras duas [Cemig e Copasa], pois é exigência do Governo Federal para poder aprovar o Plano de Recuperação Fiscal, que é essencial pro Estado que tem déficit previsto de R$ 15 bilhões para este ano. Essas ações [privatizações], mesmo que sejam contra a vontade de algumas pessoas, vão ter que acontecer”, opinou.

Avaliação de Bolsonaro

O bom resultado do presidente junto à população mineira é observado por Marcelo Souza com algumas ressalvas: a migração da avaliação regular para a desaprovação. “No Bolsonaro tivemos a migração para os dois [aprovação e desaprovação], mas um pouco mais sendo levado para a desaprovação.

Avaliação do governo Jair Bolsonaro

  • Ótimo e Bom – 39,6%
  • Regular – 25,4%
  • Ruim e péssimo – 33%
  • Não souberam ou não responderam – 2,1%

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro

  • Aprova – 49,5%
  • Desaprova – 42,7%
  • Não souberam ou não responderam – 7,7%

Na pesquisa de Jair Bolsonaro vale ressaltar que as mulheres desaprovam tanto o governo (39%) quanto o presidente (49%).

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários