Home Notícias Minas Gerais Chuva de 30 minutos causa estragos em Sete Lagoas: Vídeo do temporal impressiona

Chuva de 30 minutos causa estragos em Sete Lagoas: Vídeo do temporal impressiona

Uma forte chuva de 30 minutos causou estragos em Sete Lagoas, na região Central do Estado, na tarde desta quarta-feira (6). Segundo o Corpo de Bombeiros, a tempestade intensa acompanhada de fortes ventos provocou a queda de árvores e placas em toda a cidade. Houve também destelhamentos e carros atingidos por estruturas que não resistiram ao vendaval e caíram.

A chuva começou por volta das 17h20 e durou pouco mais de meia hora. Um vídeo registrado por um morador da região impressiona pela força do vento e das rajadas de chuva.

Ainda não há o quantitativo de ocorrência na cidade, já que os bombeiros ainda atuam em atendimentos mais graves e urgente. Não há número de vítimas também.

Reprodução/Whatsapp
Reprodução/Whatsapp

Até o momento, duas cidades mineiras decretaram situação de emergência por conta das chuvas no Estado, são elas: Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, e Itabirito, na área Central do Estado.  

Chuva em BH

Apesar do calor no início do dia, os belo-horizontinos foram surpreendidos pela chuva em algumas regionais da capital na tarde desta quarta. Segundo a Defesa Civil de BH, houve chuva extremamente forte na região Oeste e chuvas moderadas nas regionais Barreiro, Pampulha e Noroeste. Não houve registro de ocorrências na capital

Cuidados com a chuva! ⠀

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Comentários