Home NotíciasEsportesTerrível, terrível, terrível: Cruzeiro perde dentro de casa e vê eliminação precoce mais perto

Terrível, terrível, terrível: Cruzeiro perde dentro de casa e vê eliminação precoce mais perto

cruzeiro coimbra campeonato mineiro

Por Jaynne Lamounier

Quando parece que não pode piorar… Jogando dentro de casa, com os portões fechados por causa do coronavírus, o Cruzeiro conseguiu perder para o então penúltimo colocado do Mineiro, Coimbra, por 1 a 0. A vitória deste domingo (15), aliás, é a primeira do time laranja no campeonato estadual.

Com a derrota, a terceira na sequência, a pressão em Adilson Batista aumenta, assim como o risco do clube ficar fora da fase eliminatória. A Raposa, assim como todos os clubes do Estado, entra agora em um recesso cuja duração é imprevisível: os jogos do Campeonato Mineiro foram suspensos por tempo indeterminado.

Morno

Logo no início do jogo, o torcedor celeste percebeu que não seria fácil. O Cruzeiro sentiu dificuldades para chegar com qualidade ao seu campo ofensivo desde o princípio. Aos 24 minutos do 1T, o Coimbra já somava quatro finalizações, enquanto a Raposa seguia sem realizar nenhuma.

Retranca efetiva

O Coimbra estabeleceu um esquema de jogo voltado para a marcação no sistema defensivo. Todos os 11 jogadores se posicionaram atrás da linha do meio de campo. Mas, quando atacava, era mais perigoso que o Cruzeiro. Aos 40 minutos do 1T, por exemplo, o lateral do time contagense, Lucas Hipólito, assustou o Fábio e quase marcou com um chute cruzado.

Novo tempo, mesmo jogo

Nada de muito diferente foi apresentado pelas duas equipes na etapa final da partida – mesmo com um primeiro tempo fraco. Aos 17 minutos do 2T, Jean, volante do Cruzeiro, lançou na área para Ariel Cabral. Ele dominou a bola e chutou pro gol de forma perigosa. O goleiro Glaycon defendeu e salvou a equipe de Contagem.

Inédito

Se o empate com o penúltimo colocado já era ruim, imagine a derrota… Pois a bola parada foi decisiva para a primeira vitória do Coimbra no Mineiro. O lateral direito da equipe de Contagem, Vitor Hugo, cobrou a falta, aos 40 do 2T, que desviou em Everton Felipe e morreu no fundo do gol cruzeirense.

Que fase!

Se não bastasse o revés, o Cruzeiro já entra desfalcado no próximo jogo, contra a URT, ainda sem data. Mauricio, que estava pendurado, tomou cartão amarelo aos 29 do 2T, por chutar a bola para o gol depois de já ter sido marcado impedimento no lance. Já aos 39, foi a vez de Jadsom ser amarelado e também desfalcar a equipe celeste no próximo confronto.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0 x 1 COIMBRA

Local: Arena Independência, Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de março de 2020, domingo
Horário: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza
Assistentes: Augusto Magno de Ramos e Rodney Faria Lima
Cartões amarelos: Ariel Cabral, Maurício, Thiago, Jadsom Silva (CRU); Diogo Henrique, Carciano e Lucas Pinheiro (COI)
Gol: Vitor Hugo, aos 39 minutos do 2º Tempo

CRUZEIRO: Fábio; Jadsom Silva, Ramon, Marllon e Rafael Santos; Ariel Cabral, Jean (Judivan), Maurício e Everton Felipe; Thiago (Marcelo Moreno) e Alexandre Jesus (Jhonata Robert)
Técnico: Adilson Batista

COIMBRA: Glaycon; Vitor Hugo (Formiga), Diogo, Carciano e Lucas Hipólito; Lucas Pinheiro, Ralph, Thomás e Daniel; Igor (João Vitor) e Ribeiro (Bádio)
Técnico: Diogo Giacomini

Comentários