Home NotíciasEsportesRaí sugere renúncia de Bolsonaro, Caio Ribeiro corneta são-paulino e web cai em cima

Raí sugere renúncia de Bolsonaro, Caio Ribeiro corneta são-paulino e web cai em cima

raí caio ribeiro

Uma entrevista de Raí, diretor de futebol de São Paulo e ex-jogador, sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi motivo de críticas por parte do comentarista Caio Ribeiro, do SportTV, que afirmou que Raí deveria se ater ao esporte. O dirigente disse que o chefe do Executivo deveria renunciar “por estar no limite da irresponsabilidade”.

“Um posicionamento atabalhoado, é o mínimo que se pode dizer. Naquele momento, por exemplo, que ele deu aquele depoimento em rede nacional… Ele está no limite, muitas vezes, da irresponsabilidade, quando ele vai contra todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde”, disse Raí ao Globo Esporte.

Leia mais: Shortinho curto e elogios a Bolsonaro: Live de Gusttavo Lima dá o que falar

O dirigente do São Paulo reforça que essa é sua opinião, e que não reflete o posicionamento do clube. “Outro absurdo do Bolsonaro é inventar crises políticas ou de interesses próprios, familiares, no meio de uma pandemia. É inaceitável. Tenho certeza que muita gente concorda, inclusive alguns apoiadores do Bolsonaro. Ele foi eleito democraticamente, mas a própria democracia está conseguindo frear”.

“Se perder a governabilidade, eu torço e espero uma renúncia para evitar o processo de impeachment, que sempre é traumático. Porque o foco tem que ser a pandemia. [O impeachment] Não é uma coisa que tem de se pensar agora, energia nenhuma pode ser gasta nisso, mas se estiver prejudicando ainda mais essa crise gigantesca de saúde, sanitária, tem que ser considerado”, disse em outro trecho da entrevista.

Leia mais: Filha de Vanusa diz que a mãe está com Alzheimer e internada

‘Tem que falar de esporte’

Algumas horas depois, durante o programa Redação SporTV, Caio Ribeiro se mostrou insatisfeito com as declarações feitas pelo dirigente do São Paulo. Segundo o comentarista, Raí deveria falar somente de esporte.

“Eu não gostei do discurso do Raí, porque ele falou muito pouco de esporte e falou muito sobre política. Ele, por mais que ele fale que é a opinião pessoal dele, ele hoje é o homem forte do São Paulo e as declarações e opiniões que ele emite respingam na instituição. Eu acho que ele tem que falar de esporte. Na hora que ele fala de renúncia, dos hospitais públicos e tudo isso, me parece que ele tem conotações políticas em relação a preferências”, disse o comentarista.

Nas redes sociais, os internautas parecem concordar com Raí, dizendo que é importante que ele também se posicione sobre outros assuntos fora o futebol. Veja a repercussão:

Comentários