Home NotíciasCoronavírusCovid-19: Com mais de 50 casos em 24 horas, Jaboticatubas decreta lockdown no fim de semana

Covid-19: Com mais de 50 casos em 24 horas, Jaboticatubas decreta lockdown no fim de semana

jaboticatubas lockdown

A Prefeitura de Jaboticatubas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, decretou que o município vai entrar em lockdown a partir deste sábado (23). A decisão veio após um aumento de quase 300% nos casos registrados de coronavírus em apenas 24 horas e foi confirmada ao BHAZ pelo assessor da prefeitura, Rafael Lucas.

De ontem para hoje, os casos confirmados de Covid-19 na cidade saltaram de 19 para 71, conforme dados da SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde). De acordo com o assessor, esse aumento se deve a uma movimentação atípica na cidade: a atuação de mais de 200 funcionários de uma empreiteira para a realização de uma obra do governo federal.

Gráfico mostra o aumento repentino dos casos de ontem para hoje (Reprodução/SES-MG)

“Alguns funcionários dessa empresa são do município, mas outras vieram de diversas localidades do Brasil”, explica.

Rafael conta também que, a princípio, o lockdown – ou seja, o bloqueio total da circulação – vai valer apenas neste fim de semana e no próximo: “No entanto, a gente ainda não descartou a possibilidade de estender para os outros e, se necessário, para todos os dias da semana”.

Leia também:  Homem cria 'delivery de currículos' durante pandemia: 'Eu sei o quanto é horrível a dor do desemprego'
Leia também:  Covid-19: MEC autoriza aulas aos sábados e nas férias para recuperar tempo perdido

Cuidados adotados

Assim que soube da primeira confirmação da doença entre os trabalhadores da empreiteira, a prefeitura do município providenciou testes para 260 funcionários. A princípio, foram testadas 47 pessoas, dos quais 13 foram confirmados. Depois, outros 213 testados e 50 confirmações.

Leia também:  Mortes por síndrome respiratória aumentam 884% e estão na fila de testes para Covid desde fevereiro

“Todas essas novas confirmações registradas são de funcionários dessa empresa e todos eles são assintomáticos. A empresa isolou os 63 casos confirmados em outros locais”, explica.

O assessor informou ainda que o alvará da empreiteira foi suspenso e as obras da linha de transmissão que estavam sendo realizadas na cidade ainda não têm previsão de retorno.

De acordo com a SES-MG, até a manhã desta sexta-feira (22), a cidade tinha 71 casos confirmados e nenhuma morte registrada.

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários