Após assalto, dono de loja vai de vítima a ‘ladrão’ em mais um caso de truculência; vídeo viraliza

policial agride homem negro
O caso aconteceu no início deste ano e foi divulgado nesta semana (Reprodução/Twitter)

Imagens divulgadas nas redes sociais nesta semana mostram um policial branco agredindo um homem negro ao atender uma ocorrência em uma loja de bebidas nos Estados Unidos. O que ele não esperava é que a vítima, que chegou a perder alguns dentes por causa da agressão, era o dono do estabelecimento, quem havia acionado a polícia.

O caso aconteceu em março deste ano, mas o vídeo só foi divulgado recentemente. De acordo com a WBRC, o policial disse que agrediu o homem porque pensou que ele era o ladrão. A situação é mais uma denúncia da brutalidade policial que incentivou as ondas de protestos antirracistas que vêm acontecendo em diversos países.

O chefe da polícia local, Nate Allen, disse, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (8), explicando que a ação violenta aconteceu porque “todos os policiais viram uma arma na mão de um homem”. As três autoridades envolvidas no caso continuam trabalhando no departamento: o homem que desferiu o soco foi transferido para serviços administrativos e os outros dois continuam patrulhando as ruas.

O advogado de Kevin Penn, dono da loja e vítima das agressões, relatou à emissora que seu cliente foi acusado por obstruir as operações do governo, já que se recusou a entregar sua arma de fogo – a que os policiais alegaram ter visto.

Ainda na segunda, Nate informou que o verdadeiro suspeito do furto foi preso e que as investigações do ataque a Kevin continuam em andamento. Ele também informou que está ciente de que o comerciante pode processar a polícia local.

Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.