‘Baile Junino’ com mais de 50 pessoas é interrompido pela Guarda Civil

festa baile contagem
Festa reuniu mais de 50 pessoas em Contagem (Divulgação/GCMC)

A Guarda Civil de Contagem precisou intervir em uma festa com mais de 50 pessoas, em um sítio, na tarde desse domingo (5). Um homem, que tinha com mandado de prisão em aberto, foi detido e o dono do local pode ser multado em até R$ 30 mil. A festa causou uma aglomeração em meio à pandemia da Covid-19.

A fiscalização foi ao local após receber uma denúncia anônima, por volta das 14h de ontem. Os guardas encontraram os participantes da festa aglomerados, sem máscaras e desrespeitando as medidas de contenção ao novo coronavírus.

A festa teria começado no sábado por volta das 22h e tinha o nome de “Baile Junino”. Durante a verificação dos envolvidos, a Guarda identificou um mandado de prisão em desfavor de um homem de 51 anos, por falsificação de documento público. Ele foi detido e encaminhado para uma delegacia de Contagem.

Convite da festa que precisou de intervenção da Guarda (Reprodução/Whatsapp)

Multa

O proprietário do sítio foi autuado e poderá ser multado. O valor da penalidade varia entre R$ 5 a R$ 30 mil e tem relação com a quebra de medidas de isolamento e distanciamento social no combate ao novo coronavírus na cidade.

O comandante da Guarda, Lavi Sampaio, disse que a fiscalização será intensificada na região. “Nós recebemos a informação de que essas festas têm ocorrido com frequência em sítios da região. Nós vamos intensificar as ações e realizar operações para verificar isso. Se o sítio for flagrado novamente, nós poderemos lacrar o local”, disse.

Rafael D'Oliveira
Rafael D'Oliveirarafael.doliveira@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.