Home NotíciasBHRacha na Fernão Dias tem 300 motos, preso e uma jovem ferida

Racha na Fernão Dias tem 300 motos, preso e uma jovem ferida

viatura pm giroflex

Um racha na rodovia Fernão Dias terminou com um rapaz de 21 anos preso e uma jovem de 18 ferida. A ocorrência foi registrada na madrugada deste sábado (1º), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Cerca de 300 motos participaram do “rolê noturno” que  terminou em perseguição policial e com fuga pela contramão de ruas e avenidas.

De acordo com a PM, assim que a corporação foi informada do racha, um cerco foi feito na tentativa de impedir a continuidade. Próximo ao viaduto da Via Expressa os policiais, conforme o registro da ocorrência, viram, aproximadamente, 300 motos aproximando das viaturas.

Leia mais: Agiota é preso por matar mulher durante festa em Betim

Os motociclistas desrespeitaram as ordens de parada e jogaram os veículos contra os agentes. Os militares tentaram despertar o grupo com tiros de borracha, enquanto alguns participantes do racha davam tiros para o alto com armas de fogo.

Os militares informaram que várias motocicletas estavam sem placas, enquanto outras estavam com a identificação tampada ou levantada para impedir o registro. Os motociclistas fugiram pela contramão das ruas e os militares perseguiram alguns deles no sentido Contagem da Via Expressa. Durante a perseguição os policias deram ordem de parada, mas não foram respeitados. Sempre segundo o registrado na ocorrência.

Acidente

Leia mais: Quase 4 mil pessoas estavam sem máscaras durante fiscalização em BH

Na altura do bairro Industrial São Luiz, os PMs viram uma das motos envolvidas na fuga acidentar. O condutor e uma passageira caíram no chão e precisaram ser socorridos. A moça disse que sentia dores no braço e afirmou que foi atingida pelos disparos de borracha dados pelos militares. Já o jovem que pilotava a moto não apresentava lesões, nem reclamava de dores.

A passageira da moto foi levada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Teresópolis e foi constatado lesões leves, sem necessidade de cirurgia ou até mesmo medicação. A equipe médica orientou que gelo fosse colocado no braço.

‘Rolê noturno’

 O condutor da moto, segundo os militares, apresentou resistência na abordagem e agrediu os PMs com socos e chutes. Técnicas de defesa foram usadas pelos agentes. Após ser imobilizado, o jovem contou que, por meio do WhatsApp, foi marcado o “rolê noturno” para os motociclistas disputarem corrida e fazerem manobras.

O rapaz não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e foi preso. A moto foi apreendida e levada ao pátio da corporação. A ocorrência foi encerrada na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Betim.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários