Mister Bento Gonçalves não aceita fora, dá ‘piti’ e é desclassificado de concurso

Mr Bento Goncalves
Modelo pediu desculpas e disse que se arrependeu pelas mensagens (Reprodução/@joaopedrosalgado3/Twitter)

O autointitulado “homem mais lindo de Bento Gonçalves” não aceitou levar um fora no Instagram e deu um show de machismo. O modelo João Pedro Salgado chegou a dizer para a mulher que o recusou que faz o tipo “até de lésbicas e dos homens heteros”. Após a usuária da rede social divulgar a troca de mensagens, o Mister Bento Gonçalves 2020 foi desclassificado do concurso para o Mister Rio Grande do Sul.

No trecho da conversa que viralizou, a mulher que foi abordada recusa as investidas de João Pedro, alegando que ele não fazia o tipo dela. A justificativa não foi bem recebida pelo mister. “Como que eu não faço seu tipo se eu sou o homem mais lindo de Bento Gonçalves? Não tem como entender”, respondeu. “Faz o estilo de todas, menos o meu. Mas como disse, tu é muito querido”, respondeu a mulher que era alvo da paquera.

“Ah, você gosta daqueles desajeitados, magrelos, com cara de ladrãozinho? Só uma coisa, bebê: você quer ser miss? Nunca disputou um concurso ainda, né. Na prática, você tem que ter gosto. Agora, dizer que o Mister da sua cidade não faz teu tipo?”, continuou o modelo.

Repercussão

A conversa viralizou nas redes sociais e trouxe péssimas consequências para o Mister Bento Gonçalves. Entre elas, a desclassificação para o concurso de Mister Rio Grande do Sul. Pelo Instagram, a competição afirmou que “não compactua com qualquer tipo de preconceito ou machismo”. “Muito menos estes partindo de nossos representantes”, declarou.

Além disso, João Pedro teve que lidar com as críticas e memes após a divulgação das mensagens. “‘O homem mais lindo de Bento Gonçalves’ Imagina os feio”, ironizou um usuário do Twitter.

Desculpas

Com toda a repercussão negativa, o homem resolveu limitar o acesso a sua conta no Instagram. Mas antes, pediu desculpas pela atitude por meio da rede social. “A gente erra, a gente é humano. Acaba falando o que não deve falar. Realmente eu fui um m***. Me arrependi do que eu falei”, disse.

Edição: Aline Diniz
Guilherme Gurgel
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários