Combo ‘chuva + feriado’ já faz vítimas e trava trânsito na BR-381

trânsito feriado bh minas
Acidentes se espalham pelo estado e já causaram duas mortes (Divulgação/CBMMG + Divulgação/PRF)

O feriadão nem começou direito, mas os mineiros já enfrentam um problema comum nestas datas. A combinação entre folga prolongada, chuva e acidentes começou a travar o trânsito. Na capital, a palavra de ordem para quem precisa passar pelas saídas da cidade é paciência, já que o trânsito também não está dos melhores. Ao menos duas pessoas já morreram em decorrência de acidentes em Minas.

Em Nova Era, na região Central, uma pessoa acabou não resistindo a uma batida frontal entre dois carros na BR-381, no fim da tarde de hoje (30). De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), além de um óbito, o acidente deixou outras seis pessoas feridas e a via precisou ser completamente interditada.

Em Esmeraldas, na região metropolitana, uma segunda batida entre três carros fez mais uma vítima. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista de um dos carros, um homem de 40 anos, não resistiu à colisão e acabou morrendo no local. Ele teria perdido o controle da direção e capotado o veículo. Ele ficou preso entre as ferragens. Outras duas passageiras, de 25 e 31 anos, também ficaram feridas.

Em Montes Claros, no Norte de Minas, um trecho BR-251 também foi totalmente bloqueado após o tombamento de um caminhão. Já em Ouro Preto, na região Central, foi um problema mecânico que acabou atrapalhando o trânsito. Um carro deu pane na BR-040 e deixou o fluxo lento na saída para o Rio de Janeiro. Situação semelhante foi registrada em outros quatro trechos da mesma via apenas na última hora.

Saída bagunçada em BH

Na capital, a situação não foi diferente. Na região Noroeste, um derramamento de óleo cobriu todas as faixas do Anel Rodoviário e deixou o trânsito arrastado próximo ao Shopping Del Rey. Segundo os bombeiros, o óleo alcançou uma extensão de cerca de dez metros e, apesar de duas pistas já terem sido liberadas, quem pretende passar pelo local deve se preparar para encarar a lentidão.

Nas redes sociais, os belo-horizontinos não economizaram reclamações e o início do feriado, que tinha tudo para ser de descanso, foi de transtorno generalizado. “Inexplicável o que acontece com o trânsito de BH quando chove”, disse uma jovem. Um segundo se estressou: “Mano, o trânsito no Anel não anda. Tem 15 minutos que tô PARADO no mesmo lugar!!”. “Sextou chovendo e o trânsito de BH tá o próprio inferno”, publicou uma terceira.

Vários outros ainda lembraram a matemática simples do transtorno nas vias da capital: “Sexta + chuva + pré-feriado = trânsito que ninguém merece”.

Cuidados com a chuva

Durante os temporais, alguns cuidados precisam ser tomados pela população. A Defesa Civil pede para evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões.

  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

Edição: Aline Diniz
Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários