Comitê da PBH formaliza pedido de cancelamento do Natal iluminado

iluminação natal praça liberdade 2019
Iluminação tradicional na Praça da Liberdade não deve acontecer este ano por conta da pandemia de Covid-19 (Amanda Dias/BHAZ)

O Comitê de Combate à Covid-19 da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) fez um pedido formal a Alexandre Kalil (PSD) para que a tradicional iluminação de Natal na Praça da Liberdade não seja realizada neste ano na capital mineira. A razão é o aumento de casos do novo coronavírus na capital e a aglomeração que o evento provoca. A decisão final está nas mãos do prefeito reeleito.

“A recomendação do comitê é que não tenha e, se tiver, que seja de uma forma que a pessoa só possa apreciar de dentro do próprio carro. A definição vai depender do prefeito”, disse, ao BHAZ, o médico infectologista Estêvão Urbano, um dos especialistas que compõem o comitê ao lado do secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, Carlos Starling e Unaí Tupinambás.

“Vivemos um momento crítico e, para não deixarmos a situação sair do controle, não podemos proporcionar algo que provoque aglomeração. Estamos tendo aumento no número de casos, mas a situação está relativamente controlada, mas pode descontrolar a qualquer momento”.

O infectologista voltou a ressaltar que a palavra final será de Kalil e do secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis. “Fizemos a recomendação e está em processamento [o nosso pedido]. Tenho até que ligar para eles e saber como está o nosso pedido”, reforçou Urbano.

E se tiver?

Caso tenha a iluminação de Natal, o comitê recomenda que os espaços que vão receber as luzes sejam cercados. “Uma ideia alternativa é que sejam feitos cercos para as pessoas não circularem a pé. Isso é uma alternativa, ainda não está confirmado. Volto a dizer que nossa recomendação [que não aconteça a iluminação] não aconteça”.

Procurada pelo BHAZ, a administração municipal ainda não tinha respondido aos questionamentos até a publicação desta reportagem. Este texto será atualizado tão logo a PBH se manifeste.

‘Luzes da Liberdade’

Apesar do pedido feito pelo Comitê da PBH, o festival Luzes da Liberdade está marcado para iniciar na próxima quarta-feira (2) na capital. Neste ano, as comemorações de Natal em Belo Horizonte terão um novo formato, com uma programação cultural e de iluminação que extrapola os contornos da Praça da Liberdade.

O circuito – fruto de parceria entre Cemig, CDL-BH, Iepha e produtoras – vai até a Praça da Estação, passando por pontos específicos da Rua da Bahia e Viaduto Santa Tereza, formando “um percurso turístico e cultural de experiência audiovisual, com um grande show de luzes e lasers e apresentações de artistas mineiros”. O período de duração previsto será até 6 de janeiro de 2021.

Pandemia em BH

Os indicadores da pandemia do novo coronavírus em Belo Horizonte têm mostrado tendência de alta nas últimas semanas. De acordo com o último Boletim Epidemiológico, BH tem 53.625 casos confirmados de Covid-19 e 1.635 mortos. O número de recuperados chegou a 49.441 e o de pacientes em acompanhamento é de 2.549.

O número médio de transmissão por infectado (RT) está em 1,08 – nível amarelo. As ocupações nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria permanecem no nível verde – 39% e 36,8%, respectivamente. Hospitais particulares, como o Madre Teresa, tem sentido sobrecarga de atendimento e, nos casos mais graves, até suspenderam o atendimento de pacientes com Covid-19.

Edição: Thiago Ricci
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários