Tornados e onda de frio nos EUA matam sete pessoas e param vacinação

neve frio eua
Estado do Sul, como Texas, registraram frio histórico (Andrew Kelly/Agência Lusa)

Tornados registrados no sudeste dos Estados Unidos e o frio histórico abaixo de zero em estados do sul, como o Texas, foram responsáveis hoje (16) por sete mortes e por grandes cortes de fornecimento de energia que cancelaram a vacinação contra a Covid-19.

O clima deve seguir assim em muitas partes dos Estados Unidos até a próxima sexta-feira (19), com até 10 centímetros de neve e chuva congelante previstos para os estados do sul e do nordeste.

Uma massa de ar do Ártico, que atingiu grande parte do país, empurrou as temperaturas para mínimas históricas nesta terça-feira, segundo a meteorologista Lara Pagano, do Centro de Previsão do Tempo do Serviço Meteorológico Nacional em College Park, Maryland.

Em Lincoln, Nebraska, a temperatura chegou a -35 graus Celsius (°C), quebrando o recorde anteriormente estabelecido em 1978, de -27°C.

Em meio à falta de energia, autoridades fecharam locais de vacinação e dobraram esforços para utilizar cerca de 8.400 doses que exigem refrigeração abaixo de zero, depois que um gerador falhou, informou a juíza do condado de Harris Lina Hidalgo.

No sudeste dos Estados Unidos, um sistema de baixa pressão serviu de combustível para tempestades que provocaram pelo menos quatro tornados, disse o meteorologista Jeremy Grams, do serviço climático do Centro de Previsão de Tempestades em Norman, Oklahoma.

Agência Brasil
Agência Brasil

Agência pública de notícias, a Agência Brasil mantém, como todos os veículos da EBC, o foco no cidadão e prima pelo interesse público, honestidade, precisão e clareza das informações que transmite. Os conteúdos da Agência Brasil são reproduzidos por milhares de sites e veículos impressos de todo o país – e também do exterior, com textos traduzidos para inglês e espanhol.

Comentários