Órgãos federais e estaduais recomendam suspensão do futebol em Minas

mineirão
Órgãos querem paralisação das atividades para frear a disseminação da Covid-19 (Amanda Dias/BHAZ)

A FMF (Federação Mineira de Futebol) recebeu de órgãos estaduais e federais uma recomendação para suspender as partidas de todos os campeonatos no estado. De acordo com o documento, expedido nessa quinta-feira (8) e enviado também à SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais), a orientação vale para qualquer jogo, “seja nacional, regional, estadual ou local; feminino ou masculino; profissional ou das categorias de base e intermediária”.

O texto é assinado por cinco órgãos – o MPF (Ministério Público Federal), MPT-MG (Ministério Público do Trabalho de Minas Gerais), MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) e a DPU (Defensoria Pública da União). Segundo os autores, a medida foi expedida em razão dos níveis alarmantes de disseminação da Covid-19 nas últimas semanas, que levaram a restrições de atividades não essenciais em diversos estados.

No documento, as instituições recomendam que os jogos de competições nacionais, regionais ou estaduais só devem ser retomados quando a situação epidemiológica permitir.

Os signatários citam dados divulgados pela imprensa registrando 320 casos de Covid-19 entre atletas e equipes técnicas durante a Série A do Campeonato Brasileiro de 2020, bem como sucessivos surtos nos clubes de futebol ao longo do campeonato que indicam “insuficiência dos protocolos e medidas adotas pela CBF e pelas Federações para evitar o contágio dos profissionais envolvidos na competição”.

O descumprimento das medidas recomendadas poderá implicar na adoção de providências administrativas e judiciais contra os responsáveis que se mantiverem inertes em relação à situação apresentada na recomendação. A FMF ainda não se manifestou a respeito da recomendação.

Edição: Roberth Costa
Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Repórter no BHAZ desde outubro de 2019. Jornalista graduada pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais) e com atuação focada nas editorias de Cidades, Guia e Cultura.

Comentários