Carro ignora placa de ‘pare’ e capota após batida no Centro de BH

Copotamento de carro Centro de BH
Semana começou com acidente no Centro da capital mineira (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A semana começou com um capotamento em plena região Central de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (12). Um Fiat Uno tombou após ignorar a placa de “pare” no cruzamento. Um idoso de 77 anos, que ficou preso no carro, precisou ser encaminhado para o hospital. Em Montes Claros, no Norte de Minas, um homem e uma mulher morreram na noite de ontem (11) após uma colisão em rodovia.

O acidente aconteceu por volta de 7h30, no cruzamento da rua Carijós com a Rio Grande do Sul, no Centro de BH. “Um Renault Logan estava indo na [rua] Rio Grande do Sul e veio o Fiat Uno descendo a [rua] Carijós e atravessou a parada obrigatória. Aí, o Logan que estava na Rio Grande do Sul colidiu na parte traseira do Fiat Uno e nisso o carro capotou e ficou nessa posição [foto acima]”, explicou o soldado Marco Túlio.

No Fiat havia três vítimas, uma delas o senhor de 77 anos, que estava no banco de trás. “Ele ficou retido lá dentro, e as outras duas pessoas da frente não ficaram retidas e conseguiram sair”, complementou o soldado. Apenas o idoso precisou ser conduzido pela ambulância do Samu para o hospital.

Pessoas que passavam no local se mobilizaram e realizaram o destombamento do veículo. O outro carro envolvido no acidente só teve danos no para-choque. A via já está liberada pelo BPTran.

Acidente fatal

Um casal em uma motocicleta morreu após se envolver em uma batida com um veículo na noite desse domingo (11), por volta das 22h05, na BR-365, zona rural de Montes Claros, no Norte de Minas. No momento em que os bombeiros chegaram à rodovia, a mulher, que não foi identificada, estava caída à margem da pista, enquanto o homem, de 31 anos, estava caído no meio da pista de rolamento. O casal seguia no sentido Montes Claros.

A ação contou com os bombeiros, o Samu e uma viatura da polícia (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A médica da ambulância atestou o óbito de ambos no local. Já o condutor do veículo, um homem de 53 anos, sofreu apenas um pequeno ferimento no braço esquerdo. A passageira, uma mulher de 52 anos, apresentou uma contusão em uma das pernas. Eles se deslocavam com destino ao município de Coração de Jesus, no Norte de Minas.

De acordo com a corporação, ambos estavam conscientes, orientados e sem suspeita de fraturas, sendo conduzidos ao hospital de referência pela ambulância.

Foi necessária a aplicação de serragem sobre a mancha de óleo derramado na pista com o objetivo de eliminar o perigo de derrapagem. Os militares também efetuaram o corte do cabo da bateria do automóvel para evitar o risco de incêndio e/ou explosão. A pista permaneceu parcialmente interditada durante toda a ação dos bombeiros.

Condutor e passageira do carro apresentaram apenas ferimentos leves (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A operação contou com o apoio de uma viatura da Polícia Militar, que sinalizou e preservou o local até a chegada da Polícia Rodoviária Federal e do Samu. A perícia da Polícia Civil compareceu no local. Após os trabalhos periciais, foram liberados os corpos das vítimas para que fossem encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Montes Claros pelos agentes funerários de plantão.

Edição: Thiago Ricci

Comentários