Brasil passa por dificuldade, mas vence Argentina de virada no vôlei

Jogo de vôlei
Seleção brasileira reagiu na terceira parcial e venceu por 25 a 16 (Julio Cesar Guimarães/COB)

Em um jogo surpreendentemente difícil, a seleção brasileira masculina venceu a Argentina de virada por 3 sets a 2 (19/25, 21/25, 25/16, 25/21 e 16/14) nesta segunda-feira (26) pela segunda rodada do torneio de vôlei das Olimpíadas de Tóquio.

O Brasil, atual campeão olímpico e da Liga das Nações, cometeu muitos erros individuais nos dois primeiros sets e viu os argentinos abrirem dois sets de vantagem no início da partida, com placar de 25 a 19 no primeiro e 25 a 21 no segundo.

Precisando vencer o set para para se manter viva na partida, a seleção brasileira reagiu na terceira parcial e venceu por 25 a 16.

No quarto set, porém, a seleção brasileiro voltou a tomou sufoco, quando chegou a ficar atrás no placar por 17 a 11. o entanto, o time contou com a força de Lucarelli e Leal para conseguir uma recuperação incrível, fechando a parcial em 25 a 21.

O quinto e decisivo set da partida, começou equilibrado até a Argentina abrir 11 a 9 de vantagem, mas o Brasil teve novamente cabeça para reverter o placar, fechando o tie-break em 16 a 14.

O resultado desta segunda, assim como a vitória por 3 sets a 0 na estreia, no último sábado (24), contra a Tunísia, foram importantes para a classificação do Brasil para o mata-mata do torneio olímpico de vôlei masculino.

Nas próximas rodadas, a seleção começa uma sequência dura de partidas. Começando com o jogo contra o time do Comitê Olímpico Russo, na próxima quarta-feira (28), às 9h45 (de Brasília).

A equipe ainda enfrentará os EUA e fecha a fase de grupos contra a França.

Folhapress
Folhapress

A Folhapress é a agência de notícias do Grupo Folha, uma das mais tradicionais do país. Comercializa e distribui diariamente fotos, textos, colunas, ilustrações e infográficos.

Comentários