Empregados, estagiários e aprendizes: Caixa prevê contratação de 10 mil novos funcionários neste ano

Agência da Caixa
Os processos seletivos têm o objetivo de fortalecer a rede de atendimento do banco, que deve inaugurar 250 novas agências (Amanda Dias/BHAZ)

A Caixa Econômica Federal comunicou nesta terça-feira (20) que prevê a contratação de 10 mil funcionários ainda nesse ano em todo o Brasil. Desses, serão 4 mil empregados, 5,2 mil estagiários e adolescentes aprendizes, além de cerca de 800 recepcionistas e vigilantes.

Cada especialidade terá um processo seletivo específico. As contratações têm o objetivo de fortalecer a rede de atendimento do banco, que deve inaugurar 250 novas agências nos próximos meses.

Segundo a Caixa, 3 mil empregados serão convocados por meio de um concurso vigente, que ainda precisa de aprovação da Sest (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais). Os outros 1 mil serão chamados por meio de um concurso destinado a PCDs (Pessoas Com Deficiência), cujo edital será lançado até setembro.

Já as oportunidades de estágio são para candidatos já aprovados anteriormente no processo seletivo do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola). Caso seja identificada a necessidade de abertura de mais vagas, novas seleções poderão ser feitas pelo CIEE futuramente.

A contratação de aprendizes ocorre por meio de parceria com entidades sem fins lucrativos, selecionadas por meio de chamada pública e conveniadas para essa finalidade. Os vigilantes e recepcionistas serão chamados por empresas terceirizadas. Segundo a instituição financeira “a alocação de serviço de vigilância e recepcionistas ocorrerá em todo o território nacional, variando de acordo com a demanda das unidades”.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários