Pesquisar
Close this search box.

Maio será de muita produção local no Cine Santa Tereza. Entre os dias 2 e 12 do mês, a casa receberá a mostra “BH nas Telas”, como parte do programa cultural estratégico da Prefeitura. Ao todo, 13 obras produzidas na capital mineira serão exibidas em programação 100% gratuita.

Entre animações, obras de ficção e documentários, a mostra coloca em foco o tema “Políticas Públicas para o Audiovisual”. A seleção de filmes traça um panorama contemporâneo do cinema em longa-metragem realizado na região metropolitana de BH e em Minas Gerais.

Para Eliane Parreiras, secretária Municipal de Cultura, a mostra demonstra o compromisso da PBH em promover reflexão e diálogo. “Através do ‘BH nas Telas’, buscamos fortalecer toda a cadeia produtiva do audiovisual, desde a formação até a difusão das obras”, afirma, ressaltando que o edital da mostra, publicado em março, vai viabilizar um investimento de R$ 12,6 milhões no setor cinematográfico da cidade.

Toda a programação é gratuita. Os ingressos podem ser retirados on-line pelo site da Sympla ou na bilheteria do cinema, 30 minutos antes das sessões. Mais informações estão disponíveis nas redes e no site do Circuito Municipal de Cultura.

Programação

Entre 7 e 10 de maio, realizadores, produtores e profissionais com atuação no audiovisual, além de gestores públicos, estudantes e entusiastas do segmento, terão a oportunidade de discutir o ecossistema da mostra. Além das exibições, uma programação de debates foi planejada com o objetivo de promover a partilha de saberes. Confira dias e horários abaixo.

2/5, quinta-feira, 19h 
“Tudo o que Você Podia Ser”
(Ricardo Alves Jr | 2023 | Documentário | 83 min)
Classificação indicativa: 12 anos
Sessão comentada pelo diretor Ricardo Alves Jr e elenco Aisha Brunno, Bramma Bremmer, Igui Leal e Will Soares

3/5, sexta-feira, 19h 
“Zé”
(Rafael Conde | 2023 | Drama | 120 min)
Classificação indicativa: 12 anos

4/5, sábado, 16h30 
“Placa-Mãe” 
(Igor Bastos | Brasil | 2019 | 105 min)
Classificação indicativa: livre
Sessão comentada pelo diretor Igor Bastos

4/5, sábado, 19h 
“As Órfãs da Rainha”
(Elza Cataldo | 2023 | Drama | 133 min)
Classificação indicativa: 14 anos

5/5, domingo, 16h30 
“A Rainha Nzinga Chegou”
(Júnia Torres e Isabel Casimira | Brasil/Angola | 2019 | 74 min) 
Classificação indicativa: livre

5/5, domingo, 18h 
“Canção ao Longe”
(Clarissa Campolina | Minas Gerais | 2022 | 76 min)
Classificação indicativa: 12 anos

7/5, terça-feira, 19h 
“Amanhã” 
(Marcos Pimentel | 2023 | Documentário | 106 min)
Classificação indicativa: 14 anos
Sessão comentada pelo diretor Marcos Pimentel

8/5, quarta-feira, 19h 
“Marte Um”
(Gabriel Martins | Brasil | 2022 | Drama | 115 min)
Classificação indicativa: 16 anos

9/5, quinta-feira, 19h 
“Kevin”
(Joana Oliveira | Brasil | 2021 | Documentário | 81 min)
Classificação indicativa: 10 anos
Sessão comentada pela montadora Clarissa Campolina

10/5, sexta-feira, 19h 
“O Lodo”
(Helvécio Ratton | Brasil | 2020 | Drama | 94 min)
Classificação indicativa: 14 anos 

11/5, sábado, 19h 
“As Linhas da Minha Mão”
(João Dumans | 2023 | Documentário | 80 min)
Classificação indicativa: 14 anos
Sessão comentada pelo diretor João Dumans e pela atriz Viviane de Cássia Ferreira

12/5, domingo, 16h30 
“Chef Jack: O Cozinheiro Aventureiro”
(Guilherme Fiuza | Brasil | Animação | 2023 | 72 min)
Classificação indicativa: livre 

12/5, domingo, 18h 
“Eu, um Outro” 
(Silvia Godinho | Brasil | 2019 | 84 min)
Classificação indicativa: 14 anos

BH nas Telas

Criado pela PBH, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, o “BH nas Telas” é um programa de desenvolvimento do audiovisual, que desde 2018 ampliou um conjunto de políticas voltadas para o setor. O programa se divide em cinco eixos: política de preservação, política de difusão, política de formação e capacitação, política de fomento e investimento e a Belo Horizonte Film Commission.

Então se liga!

BH nas Telas
Local: Cine Santa Tereza
Data: entre 2 e 12 de maio
Programação variada