Pesquisar
Close this search box.

Belo Horizonte tem 8 dos 100 melhores restaurantes do Brasil

Por

Pacato, do chef Caio Soter, está entre os melhores restaurantes de Belo Horizonte
Pacato ocupa a 11ª posição dos melhores restaurantes do Brasil

Belo Horizonte tem oito dos 100 melhores restaurantes do Brasil, segundo ranking organizado pela revista Exame com jornalistas especializados em gastronomia. Outros dois restaurantes de Minas Gerais também aparecem na lista. Ambos ficam na cidade turística de Tiradentes.

Melhores restaurantes de Belo Horizonte

Pacato

Comandado pelo chef Caio Soter, o Pacato ocupa a 11ª posição e tem cardápio dedicado à cozinha mineira, com inspiração na cozinha de quintal. O menu traz ingredientes típicos, como milho, peixes do rio São Francisco, mandioca e carne serenada.

O menu degustação em oito tempos é uma homenagem ao queijo artesanal mineiro, com destaque para os ingredientes do produto (sal, pingo, coalho e leite). O serviço completo custa R$ 330,60. A harmonização com vinhos selecionados pelo sommelier Hugo Castro sai por R$ 230,60.

Serviço:
Onde fica: Rua Rio de Janeiro, 2735, Lourdes
Horário de funcionamento: Quarta a sábado, das 12h às 16h; e 19h às 23h; Domingo, das 12h às 16h.

Glouton

O clássico Glouton é um dos dois restaurantes do chef Leo Paixão a figurar na lista de melhores restaurantes de Belo Horizonte e do Brasil. Ele aparece na 16ª posição.

No menu, clássicos da cozinha mineira ganham ares de sofisticação, como o bife acebolado com mandioca frita e o arroz de galinha com quiabo e Jerez.

Serviço:
Onde fica: Rua Bárbara Heliodora, 59, Lourdes
Horário de funcionamento: Segunda a quinta-feira, das 19 às 23h; sábado e domingo, das 19h às 23h30

Cozinha Tupis

O Cozinha Tupis é um dos responsáveis pelo resgate do Mercado Novo. O espaço se transformou na última década em ponto de encontro dos belo-horizontinos e o restaurante, assim como a Cervejaria Viela, buscam destacar a cozinha feita para os frequentadores do Centro de Belo Horizonte.

O restaurante é comandado pelo chef Henrique Gilberto, o mesmo que assina os cardápios do Juramento 202 e da pizzaria Forno da Saudade. O conceito é semelhante entre eles. No menu, o visitante escolhe entre rabada, frango frito, cupim e outros.

Serviço:
Onde fica: Mercado Novo (Avenida Olegário Maciel, 742, Centro)
Horário de funcionamento: Terça a sábado, de 11h30 às 22h; domingo, de 11h30 às 16h

Florestal

Outra chef que aparece com dois restaurantes no ranking de melhores restaurantes de Belo Horizonte, segundo a revista Exame, é Bruna Martins. Ela lidera o Florestal e o Birosca S2.

No cardápio, os destaques são os pratos à base de vegetais. Mas recentemente o restaurante inaugurou o braseiro, um espaço que mistura churrasquinho e robatayaki, técnica de brasa usada no Japão.

Serviço:
Onde fica: Avenida Assis Chateaubriand, 176, Floresta
Horário de funcionamento: Quartas e quintas, das 18h às 23h; sexta-feira, das 12h às 15h30 e das 18h às 23h; sábado, das 12h às 23h; domingo, das 12h às 18h

Xapuri

O Xapuri é o mais tradicional restaurante de comida mineira de Belo Horizonte. Localizado na Pampulha, é o destino certo de quem quer experimentar um clássico da culinária mineira. Do feijão tropeiro feito na panela de barro ao frango ensopado, os pratos são saborosos e recheados.

Serviço:
Onde fica: Rua Mandacarú, 260, Trevo
Horário de funcionamento: Terça a sábado, das 11h às 22h; domingo, das 11h às 17h

Birosca S2

Localizado no bairro boêmio de Santa Tereza, o Birosca S2 é um bistrô comandado pela chef Bruna Martins. O cardápio é sazonal e os pratos vão desde clássicos da culinária até releituras de receitas mineiras. Exemplo disso é a linguiça de peixe de rio com tropeiro de dois feijões e farelo de broa.

O espaço atrai visitantes dos quatro cantos de Belo Horizonte, que, ao som de piano, se aconchegam no quintal do charmoso casario totalmente reformado, que o levou a ocupar a 46ª posição de melhores restaurantes do Brasil, segundo a Exame, e sexta posição entre os de Belo Horizonte.

Serviço:
Onde fica: Rua Silvianópolis, 483, Santa Tereza
Horário de funcionamento: Quarta a sexta-feira, das 18h às 23h; sábado, de 12h às 23h; domingo, de 12h às 16h

Birosca está entre os melhores restaurantes de Belo Horizonte, segundo a Exame

Per Lui

O restaurante Per Lui marca o encontro com chef Yves Saliba com o médico Victor Hugo, onde pudesse ser representada a experiência gastronômica de um com a vivência de quem já visitou mais de 100 países.

O menu degustação em oito tempos (R$ 260) tem entre os ingredientes bacalhau, camarão, ostra, carna Angus, shimeji e outros.

Serviço:
Onde fica:
Rua Muzambinho, 608, Serra
Horário de funcionamento: Quarta a sábado, de 19h a 0h

Ninita

Localizado ao lado do irmão mais velho e famoso, o Glouton, o restaurante Ninita é uma homenagem do chef Leo Paixão à sua bisavó. A casa busca ter a hospitalidade da cozinha mineira e o conforto da gastronomia italiana.

No cardápio, miolo de fraldinha acebolada com linguini cacio e pepe a cavalo (R$ 119) e tortelli recheado de abóbora e camarões VG (R$ 125).

Serviço:
Onde fica:
Rua Bárbara Heliodora, 71, Lourdes
Horário de funcionamento: Segunda-feira, de 18h às 22h; terça a sábado, de 12h às 17h e de 18h às 23h; domingo, das 12h às 17h

Pedro Rocha Franco

Pedro Rocha Franco é jornalista desde 2007 e estudante de ciências sociais. Foi repórter do jornal Estado de Minas, editor do portal O Tempo e head de digital da Itatiaia. Hoje é gerente executivo do BHAZ. Além disso, colaborou com UOL e Repórter Brasil.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ