Pesquisar
Close this search box.

Escola do Barreiro, em BH, vence prêmio nacional de educação e trânsito

Por

Escola Municipal Padre Flávio Giammetta
Resultado do sobrecadastro será divulgado no portal da PBH em 23 de janeiro (Adão Souza/Divulgação/PBH)

A Escola Municipal Padre Flávio Giammetta, localizada no Barreiro, em Belo Horizonte, venceu o Prêmio Senatran 2023, do Ministério dos Transportes, na categoria de Projetos, programas ou ações de Educação para o Trânsito.

A iniciativa, denominada “A Escola e o Trânsito”, desenvolvida na unidade escolar, ensina noções de deslocamento seguro a alunos de 6 e 7 anos, do 1° ano do ensino fundamental. A escola recebeu um troféu, certificado e um prêmio de R$ 20 mil para utilizar no desenvolvimento das ações pedagógicas.

O projeto utiliza o espaço da escola e atividades interdisciplinares para mostrar como ações simples, como respeitar a fila e andar devagar, têm impacto no cotidiano de quem transita pela cidade. O objetivo é que os estudantes internalizem as regras na escola e as pratiquem na comunidade.

Segundo Érika Fontoura, professora responsável pelo projeto, uma estratégia pedagógica foi adotada para que os alunos, mesmo sem dirigir, percebessem as noções aplicadas no trânsito durante seus deslocamentos a pé e na utilização dos espaços.

A escola possui sinalização que mostra a importância de não correr, explicando que, da mesma forma que correr na escola pode resultar em acidentes, correr no trânsito pode levar a um acidente. Ao respeitar a fila na escola, espera-se que os alunos também respeitem a ordem no trânsito e evitem ultrapassagens pelo acostamento, por exemplo.

As atividades propostas incluem aulas, atividades práticas para que os estudantes percebam a aplicação das noções discutidas e rodas de conversa. O projeto também envolve a comunidade escolar e foi desenvolvido em parceria com Roberta Torres, autora do livro didático “A Escola e o Trânsito”, utilizado em sala de aula.

Roberth R Costa

De estagiário a redator, produtor, repórter e, desde 2021, coordenador da equipe de redação do BHAZ. Participou do processo de criação do portal em 2012; são 11 anos de aprendizado contínuo. Formado em Publicidade e Propaganda e aventureiro do ‘DDJ’ (Data Driven Journalism). Junto da equipe acumula 10 premiações por reportagens com o ‘DNA’ do BHAZ.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ