Primeiro hospital de campanha para dengue é implementado em BH

hospital campanha dengue
Hospital de campanha para combater casos de dengue, em BH, deve começar a funcionar nesta semana (João Lages/BHAZ)

A Prefeitura de BH implementa o primeiro hospital de campanha focado em pessoas com sintomas de dengue chikungunya e zika. O anúncio aconteceu, na tarde desta terça-feira (27). A unidade funcionará 24h por dia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte. O Executivo não descarta que nova unidades sejam instaladas no futuro.

Esta nova estrutura faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses. Ela resulta de uma parceria da PBH com o governo estadual que forneceu, por meio da Defesa Civil, uma tenda de 320 m².

A expectativa é de que o funcionamento comece ainda nesta semana para ajudar no atendimento das pessoas. No total, a Prefeitura estima que 300 pacientes façam consultas na unidade, além de 200 internações ao mês.

O quadro de funcionários será composto por médicos, técnicos de enfermagem e de laboratório, enfermeiros e auxiliares administrativos, com cerca de 170 trabalhadores.

O secretário Municipal de Saúde, Danilo Borges, explica que a UPA da regional Norte está com uma alta demanda de atendimento.

Dengue: Sintomas, diagnóstico, teste rápido e vacinação

“É uma unidade que teve um aumento muito grande de atendimento. Para se ter uma ideia, do mês passado para esse mês, nós dobramos o número de atendimentos. E a gente precisava dar uma resposta nessa região”.

O local vai abrigar um Centro de Atendimento às Arboviroses (CAA) para atender as pessoas com sintomas de algumas das três doenças causadas pelo Aedes Aegypti. Haverá ainda 40 leitos para a hidratação venosa de pacientes que precisam ficar internados.

“A ideia é que a gente concentre aqui todos os casos que estão com suspeita de dengue, com febre, dor no corpo, manchas vermelhas na pele. Que ele venha para cá, seja atendido em containers que vamos instalar em anexo à essa estrutura. E aquele paciente que precisar de ficar na condição de internado, que ele passe para essa estrutura do hospital de campanha”.

A Secretaria Municipal de Saúde também mantém ativo um banco de currículos para contratação imediata de médicos.

Estados Unidos doaram estrutura do hospital de campanha

Os Estados Unidos doaram a estrutura do hospital de campanha para Minas Gerais, com o objetivo para atender casos de Covid. O estado utilizou ela apenas uma vez em Unaí e, em seguida, passou a ter administração da Defesa Civil.

O secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, explicou que o governo de Minas tem fornecido equipamentos necessários e que a Prefeitura de Belo Horizonte é a responsável por administrar o funcionamento da unidade.

“Estamos tentando ajudar, o máximo possível, os municípios. Mas a estrutura operacional é do município de Belo Horizonte que tem expertise de tratar a ponta. São nove UPAs em BH e, aqui, vai se somar essa estrutura já existente para que a gente consiga se organizar via FHEMIG”.

Lucas Negrisoli[email protected]

Lucas Negrisoli é jornalista formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), trabalha desde 2015 com comunicação. Tem passagem por veículos como Estado de Minas, Rádio UFMG Educativa e O TEMPO em coberturas de economia, tecnologia, política e cidades. É editor do BHAZ desde outubro de 2023.

João Lages[email protected]

Repórter no BHAZ desde setembro de 2023. Jornalista com 4 anos de experiência em veículos de comunicação. Fez cobertura de casos que têm relevância nacional e internacional. Com passagem pela RecordTV Minas, também foi produtor e editor de textos na Record News.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!