Pesquisar
Close this search box.

Veja fotos e quanto custa morar nas ruas mais caras de BH

Por

ruas mais caras bh
O estudo considerou os preços de 11 mil apartamentos vendidos nos últimos 12 meses na capital mineira (Amanda Dias/BHAZ)

Pesquisa da startup Loft revelou quais as ruas mais caras para se morar em Belo Horizonte. O estudo considerou os preços de 11 mil apartamentos vendidos nos últimos 12 meses na capital mineira, utilizando dados oficiais da Prefeitura.

Nas 10 ruas com os preços mais altos, o valor médio dos apartamentos vendidos é de ao menos R$ 2,39 milhões, com áreas privativas superiores a 285 m².

“O levantamento mostra como a localização é fundamental para a definição do preço de um imóvel. As ruas com os maiores preços de imóveis estão basicamente concentradas na zona centro-sul da cidade”, afirma o gerente de dados da Loft, Fábio Takahashi. Veja o ranking abaixo:

1. Rua José Ferreira Cascão, Belvedere

Reprodução/Google Street View

Na liderança, a rua José Ferreira Cascão tem os preços de imóveis mais caros da capital mineira, com o metro quadrado avaliado em mais de R$ 6 mil. O preço médio das transações na rua ficam em R$ 5,16 milhões.

2. Rua Matias Cardoso, Santo Agostinho

Reprodução/Google Street View

Segundo o ranking, a segunda rua mais cara de se morar é a Matias Cardoso, no Santo Agostinho, que registrou uma média de R$ 3,2 milhões por imóvel.

3. Rua Juvenal Melo Senra, Belvedere

Reprodução/Google Street View

Em terceiro, aparece a rua Juvenal melo Senra, também no bairro Belvedere. Por lá, o preço do metro quadrado é R$ 6.832 e a média de negociação de imóveis é R$ 2.924.787.

4. Rua Vicente Guimarães, Belvedere

Reprodução/Google Street View

Em quarta lugar está a rua Vicente Guimarães, no bairro Belvedere. O preço do metro quadrado é R$ 7.482 e a média de negociação de imóveis é R$ 2.906.000.

5. Rua Tomaz Gonzaga, Belvedere

Reprodução/Google Street View

A rua Tomaz Gonzaga, no Belvedere, fecha o top 5 com o preço do metro² em R$ 8.030 e o de negociação dos imóveis em R$ 2.750.946.

6. Rua Maranhão, Funcionários

Reprodução/Google Street View

Na rua Maranhão, do bairro Funcionários, o preço do metro² é de R$ 7.748 e o de negociação dos imóveis em R$ 2.523.625.

7. Rua Felipe dos Santos, Santo Agostinho

Reprodução/Google Street View

Na rua Felipe dos Santos, no Santo Agostinho, o preço médio do metro quadrado é R$ 8.495 e o preço médio dos imóveis é de R$ 2.470.000.

8. Rua São Domingos do Prata, Santo Antônio

Reprodução/Google Street View

A rua São Domingo do Prata, no Santo Antônio, aparece em 8º no ranking preço médio do metro quadrado é R$ 8.653 e o preço médio dos imóveis é de R$ 2.467.995.

9. Rua Cassiporé, Anchieta

Reprodução/Google Street View

A rua Cassiporé, no Anchieta, está em 9º com um metro quadrado de R$ 7.926 e um preço médio dos imóveis de R$ 2.443.321.

10. Rua Paracatu, Santo Agostinho

Reprodução/Google Street View

Fechando o top 10, está a rua Paracatu, no Santo Agostinho. Por lá, o metro quadrado custa, em média, R$ 7.219 e os imóveis R$ 2.389.420.

Larissa Reis

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog. Também participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2022.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ