Pesquisar
Close this search box.

Advogada tem rosto deformado após ser espancada por médico e personal; motivo teria sido ciúmes

Por

mulher agredida por dois homens em goiânia
Advogada foi espancada após cair em emboscada do casal, em Goiânia (Reprodução/Facebook)

Uma advogada foi espancada por dois homens em Goiânia (GO), nessa quarta-feira (11), em uma praça. A mulher ficou com o rosto deformado por causa das agressões. Segundo ela, um dos agressores iniciou a violência por supor que ela tinha um caso com o namorado dele, o segundo agressor.

Um dos agressores, Heberson Clayton Nunes, é um estudante de medicina, que está foragido da polícia. O namorado dele, Maykon Aires trabalha como personal trainer na academia que a vítima frequentava. A polícia o prendeu em flagrante.

Segundo o G1, a advogada contou à polícia que, há pouco mais de um mês, Maykon ofereceu a ela carona e ela aceitou. Porém, quando chegaram na academia, foram surpreendidos por Heberson, que agrediu a mulher no estabelecimento.

Ela contou que não registrou boletim de ocorrência, pois ficou com medo e havia entendido que o estudante de medicina agiu no calor do momento. Na quarta-feira (14), a agressão aconteceu novamente quando Maykon foi até a casa da vítima e a convidou para conversarem em uma praça.

De acordo com o relato da advogada, ele disse que queria pedir desculpas pela confusão envolvendo o namorado. Ao chegarem na praça, Maykon começou a agredir a advogada. Heberson chegou, momentos depois, e também começou a bater na mulher.

Após agredir a vítima, o casal a jogou na calçada e fugiu. Maykon está preso por tentativa de homicídio qualificado.

Casal armou emboscada

A polícia informou que a mulher terá que ficar 45 dias em dieta líquida e pastosa por causa da gravidade das agressões. O delegado responsável pelo caso explicou que o casal armou uma emboscada para a advogada, pois o estudante de medicina teria ficado com ciúmes dela.

“Deformou, deixou meu olho todo roxo, meu queixo, quebrou uma parte do meu nariz”, lamentou. Segundo a polícia, Maykon não tinha registro do Cref (Conselho Regional de Educação Física) para exercer a profissão de personal trainer e é, na verdade, engenheiro.

Em nota, o Cref disse que repudia a agressão contra a advogada e confirmou que Maykon não tem registro como profissional de Educação Física em nenhum conselho regional do país. Heberson, por sua vez, tem antecedentes criminais por lesão corporal e furto.

Arreda pra Cá

Se você é mineiro, é quase impossível que nunca tenha ao menos ouvido falar do Giramundo. O teatro de bonecos com maior acervo do Brasil – são 1,7 mil bonecos ao todo – começou como uma brincadeira no quintal de uma família mineira.

Agora, mais de 53 anos e inúmeros projetos de sucesso depois, eles estão no Arreda pra Cá, podcast do BHAZ. A conversa com o Giramundo está disponível no Youtube do BHAZ, confira:

Andreza Miranda

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ