Bebê de 21 dias morre ao ser atacado por pitbull enquanto dormia em casa

upa abilio pedro
Bebê foi levado para UPA, mas não resistiu (Reprodução/Google Street View)

A Polícia Civil de São Paulo investiga o caso de um bebê de 21 dias que morreu após ser atacado por um cachorro da raça pitbull. O recém-nascido dormia em casa, na cidade de Limeira, em São Paulo, nessa segunda-feira (17), quando a tragédia ocorreu.

Às autoridades, a mãe do bebê relatou ter ido tomar banho e que pediu para que a avó vigiasse a criança. Nesse momento, o cachorro da família teria entrado no quarto e atacado o recém-nascido. Para que o animal soltasse o bebê, o avô da criança deu uma facada no cão, que acabou morrendo.

A criança chegou a ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento próxima, mas não resistiu. No local, a mãe ficou em estado de choque e também precisou de atendimento médico.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo informa que a perícia foi até o local e a investigação para esclarecer as circunstâncias da morte está em andamento.

Outro caso

Em BH, uma criança de 4 anos precisou passar por uma cirurgia após ser atacada por um cão da raça pitbull, no bairro Pompéia, na região Leste da capital. O menino, que tem espectro autista, estava na companhia da tia quando tudo aconteceu. O animal, segundo informado pelo tutor, não utilizava focinheira no momento do ataque. O caso aconteceu no último mês de julho.

A tia da criança contou aos policiais militares que estava em uma praça com o familiar, pois a mãe dele trabalhava naquele momento. Segundo ela, o sobrinho foi até o cachorro e encostou nele algumas vezes. Em um dos momentos, o menino voltou com ferimentos na região do olho, possivelmente ocasionado por uma mordida do animal.

Edição: Roberth Costa
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários