Corpo do ambientalista Ferrugem é encontrado na represa Billings, em São Paulo

ambientalista adolfo ferrugem
Familiares reconheceram corpo de ambientalista, encontrado em represa de SP (Reprodução/Redes Sociais)

Socorristas do Corpo de Bombeiros de São Paulo localizaram, neste sábado (6), o corpo do ambientalista mais conhecido como Ferrugem. Adolfo Souza Duarte, o Ferrugem, desapareceu na segunda-feira ao cair na água do local, por volta das 19h30.

O ambientalista trabalhava à frente da Meninos da Billings, ONG de defesa do meio ambiente que realiza passeios de barco com jovens pela represa Billings, na Zona Sul da capital paulista. Ferrugem era formado em história e tinha 41 anos.

Ao longo da semana, familiares, amigos e autoridades se mobilizaram nas buscas pelo ambientalista. À TV Globo, a delegada responsável pelo caso, Jakelline Barros, relatou que, segundo os depoimentos, passageiros que estavam na parte de trás do barco caíram na água quando ocorreu um tranco.

Os passageiros eram Ferrugem e uma jovem, que conseguiu alcançar um colete salva-vidas jogado para ela na água. O ambientalista, no entanto, desapareceu na represa. Os passageiros voltaram com o barco para a margem da represa e, segundo o registro policial, teriam sido agredidos por moradores da região ao relatar o desaparecimento de Adolfo.

Nas redes sociais, internautas prestam homenagens ao ambientalista.

Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018, 2019 e 2020, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, em 2019, e Sebrae de Jornalismo, em 2021.

Comentários