VÍDEO: Mulher é expulsa de metrô em São Paulo após se recusar a usar máscara e passageiros aplaudem

mulher expulsa metrô
No calor da confusão, uma passageira pega os pertences da mulher sem máscara e joga para fora do metrô, na parada da estação Carandiru (Reprodução/Redes sociais)

Uma passageira do metrô de São Paulo foi ovacionada na última semana depois de expulsar de um dos vagões uma mulher que se recusou a usar máscara. Apesar de não mostrar o início da confusão, um vídeo que tem repercutido nas redes sociais desde domingo (9) registra parte do “bate boca” entre as duas.

“Eu paguei pra entrar”, grita a mulher sem máscara em determinado momento. “Me esculhamba de novo para ver se você não sai agora daqui! Falta de respeito com as pessoas”, responde a passageira de máscara.

No calor da confusão, ela pega os pertences da mulher sem máscara e joga para fora do metrô, na parada da estação Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. A passageira então desce para recuperar sua bolsa e tenta embarcar novamente antes que a porta se feche, mas é empurrada para fora pela mulher que a afrontou.

Depois que o metrô segue seu percurso, os demais passageiros caem na risada e aplaudem a mulher pelo gesto. Veja o vídeo:

O que diz o metrô de São Paulo?

Ao BHAZ, a Companhia do Metrô de São Paulo lamentou o episódio e disse que não foi informada sobre a confusão. “Nem mesmo recebemos informações pelos canais de relacionamento do Metrô com os passageiros”, disse, em nota (leia na íntegra abaixo).

A administração do metrô paulista informa, ainda, que “desde o início da pandemia, promove campanhas para o estímulo ao uso das máscaras”. “A companhia inseriu em seu aplicativo MetroConecta a opção de comunicar rapidamente sobre passageiros que não utilizam a proteção e também capacitou seus colaboradores para orientar ou retirar o direito de viagem àqueles que insistirem no descumprimento”.  

Nota do metrô na íntegra

“O Metrô lamenta o episódio e informa que, desde o início da pandemia, promove campanhas para o estímulo ao uso das máscaras. A companhia inseriu em seu aplicativo MetroConecta a opção de comunicar rapidamente sobre passageiros que não utilizam a proteção e também capacitou seus colaboradores para orientar ou retirar o direito de viagem àqueles que insistirem no descumprimento.

A eficácia dessas medidas depende da colaboração de passageiros que, além de usar as máscaras corretamente, podem comunicar o não uso ou utilização incorreta das máscaras a qualquer funcionário do Metrô ou pelo SMS-Segurança (11 97333-2252) e aplicativo MetroConecta (Android e iOS). Não podemos confirmar a data da ocorrência porque os funcionários não foram acionados e nem mesmo recebemos informações pelos canais de relacionamento do Metrô com os passageiros”.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários