Covid-19: BH volta a ter todos os indicadores da pandemia em nível de alerta

população BH máscara
Cuidados precisam ser redobrados para índices não continuarem aumentando (Amanda Dias/BHAZ)

Belo Horizonte voltou a ter todos os indicadores de monitoramento da pandemia do novo coronavírus em nível de alerta. O Boletim Epidemiológico e Assistencial dessa terça-feira (13) apresentou aumento no número médio de transmissão por infectado (RT) e na ocupação de leitos de enfermaria para Covid-19. Em compensação, houve queda na ocupação de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com o informe divulgado pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte), o RT da capital mineira passou de 0,99 (nível verde) para 1 (nível amarelo). O número representa um sinal de alerta, pois quando este indicador está acima de 1, significa que, em média, uma pessoa contaminada na cidade transmite a doença para mais de uma pessoa.

O índice de ocupação dos leitos de enfermaria também apresentou elevação, quando comparado com o dado da segunda (12). Agora ele está em 52,1%, também no nível amarelo. Antes era marcado 49,3%, o que fazia ficar no nível verde.

Dos três indicadores de monitoramento, apenas o referente à ocupação de leitos de UTI teve queda. O índice passou de 66,5% para 63,8%, ainda permanecendo no nível amarelo.

indicadores pandemia bh
Todos os indicadores voltaram para o nível de alerta (Reprodução/PBH)

Covid-19

A capital mineira já tem confirmados 246.909 casos do novo coronavírus e se aproxima da marca de 6 mil mortes. O boletim apontou que em BH já morreram 5.983 pessoas em decorrência da doença. O número de recuperados chegou a 235.917 e os pacientes em acompanhamento a 5.983.

A vacinação segue sendo realizada e já foram aplicadas 1.733.332 doses. Deste total foram 1.261.197 de 1ª dose, 454.266 de segunda e 17.869 de dose única. A prefeitura já imunizou 54,9% do público alvo com a primeira dosagem da vacina 20,3% com a segunda ou dose única.

Veja os números de vacinados por grupos em Belo Horizonte.

GRUPOS VACINADOS1ª DOSE2ª DOSEDOSE ÚNICA
Idosos de 60 anos ou mais465.683339.839
Pessoas com comorbidades, deficiência permanente, beneficiários do BPC205.428
Trabalhadores da Saúde198.813107.494
Forças de segurança e salvamento, forças armadas e funcionários do sistema de privação de liberdade18.656510
Trabalhadores da educação70.028
População de 43 a 59 anos256.95817.869
Outros grupos35.4786.423
Gestantes e puérperas10.153

O boletim pode ser lido na íntegra clicando aqui.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários